12 março 2013

16

Cinema, pipoca e imaginação: Dirty Dancing 2 - Noites de Havana


Diretor: Guy Ferland
Elenco: Diego Luna, Romola Garai, Sela Ward, John Slattery
Produção: Lawrence Bender
Gênero: Romance
Duração: 86 min.
Ano: 2004
País: EUA
Distribuidora: Universal 
Classificação: 10 anos

E hoje é dia de mais uma resenha sobre filme. Gosto muito de ler, assistir séries e filmes, mas infelizmente com o corre-corre do trabalho e da faculdade acabo sem muito tempo de poder curtir meus vícios  Então estou aproveitando minhas férias para finalmente poder fazer mais o que eu gosto.

Infelizmente não está dando para ir ao cinema, então só me resta assistir filmes em casa mesmo. Esse filme de hoje eu já o assisti há muito tempo, mas há umas duas semanas eu resolvi assistir de novo. A primeira vez que eu assisti ele foi alugado e só o escolhi porque pensei que ele tinha que ser bom, pois tinha o nome parecido com um filme que eu já havia gostado muito (que é o Dirty Dancing - Ritmo Quente) e porque tinha o Diego Luna que é um ator mexicano que eu gosto muito.

Falemos um pouco do que se trata o filme. A história se passa em 1958, Katey Miller, uma garota de 18 anos, se muda para Cuba com seus pais e sua irmã, chegando lá não consegue se encaixar com os filhos dos colegas de trabalho de seu pai, tendo um começo de relação com James que tenta agarra-lá. No hotel trabalha Javier que é apaixonado pela dança, virando o melhor amigo de Katey mesmo com suas diferenças sociais, surgindo assim uma paixão com a ajuda da dança. Então os dois resolvem quebrar um pouco mais a barreira que há entre eles e se inscrevem para um concurso de dança que ocorrerá no fim de ano em um hotel de luxo. Será que eles conseguirão ganhar o prêmio e Javier poderá ir embora do pesadelo que virou Cuba nas mãos de Batista?

No meio de tudo isso vem o que fez com que eu me apaixonasse pelo filme e ele entrasse no top 10 da minha lista de filmes favoritos, a dança e a história. Adorei a interação que ocorre entre a parte romântica, que é a história de amor meio que impossível e cheia de obstáculos entre Katey e Javier e a história da época da revolução cubana, Fidel tentando tirar Batista do poder e libertar Cuba e junto com isso "expulsar" os americanos do país.

Vamos a parte da dança. É totalmente novo para Katey, ela acaba aprendendo com Javier uma nova maneira de dançar, pois ela estava acostumada com a música clássica. Ela aprende dança latina, ou seja, uma dança caliente. No começo ela se assusta, pois é uma dança muito sensual mas quando resolve confiar em Javier eles passam a dançar como se fossem um só.



O final é lindo e até um pouco surpreendente, mas o que mais importa é que Katey e Javier entendem a importância de cada um para o outro. E na última noite que passa no filme eles conseguem ser o rei e a rainha do Rosa Negra.

Eu recomendo demais ao filme. Ele é uma mistura de romance e drama regado a muita música e dança muito boa. Quem curte esse tipo de filme não pode deixar de assistir. Espero que quem não tenha assistido ao filme tenha adquirido vontade assisti-lo depois dessa resenha.


16 comentários:

  1. eu tenho uma música desse filme no computador Represent, Cuba. Aí quando eu vi "Dirty Dancing-Havana Nights" no arquivo eu quis assistir o filme, tb adoro o primeiro Dirty Dancing. Mas eu achei que esse seria mais moderno, e pelo contrário se passa nos anos 50! kk mas achei interessante o contexto da Revolução Cubana e gosto de filmes que contam fatos históricas então quero muito ver
    bjs
    felicidadeinventada.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse filme é lindo.
      Amo tanto quanto o primeiro. ♥

      Excluir
  2. Ooi
    O filme parece lindoooo, não conhecia mas já quero assistir.❤
    Amo esses romances com dança.

    Ótima resenha!

    Beijoos
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. eu nunca tinha ouvido falar desse, só do Dirty antigo xD
    parece bacaninha, vou procurar pra assistir depois... mesmo não sendo muito meu gênero de filme preferido...
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem legal, gosto do contexto histórico que ele mostra.

      Excluir
  4. Olá, não fazia ideia da existência desse filme. O clássico é claro que eu conhecia, pois é um dos filmes que eu mais gosto de assistir...inúmeras vezes, sempre quando saio apertando o controle remoto descontroladamente e vejo que está passando, eu paro pra assistir.
    Vou anotar a dica aqui para conferir qualquer dia desses.

    Abraços
    Literaleitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assisto sempre os dois.
      São meus queridinhos!

      Excluir
  5. Não sabia que existia Dirty Dancing, vou procurar assistir, vou tentar ver se gosto de um filme de um classico!

    Beijos

    Viviana

    ResponderExcluir
  6. Que indicação mara! Não sabia da existência desse filme! Com certeza irei assistir. AMO de paixão o primeiro Dirty Dancing (inesquecível) e acho que irei gostar bastante desse também! Adorei o post.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  7. oi, tudo bem?
    também adoro filmes, e infelizmente, não vou tanto ao cinema quanto gostaria, rs, mas tento. Eu não vi esse filme ainda, confesso que tinha medo, porque também sou louca pelo primeiro Dirty Dancing. Mas ver sua opinião positiva me animou. Adoro essa mistura de romance de drama, com música e dança
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que minha resenha tenha te animado a assistir.
      Espero que você curta tanto quanto o primeiro.

      Excluir
  8. Oie!
    Eu também estou aproveitando as férias pra sustentar meu vício por filmes, séries e livros.
    Eu adorei a dica e com certeza vou assistir porque eu adoro filmes que envolvem dança.

    Beijinhos da Mady.

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.