08 agosto 2013

16

Pra ler no busão: O encontro marcado

Capa da 70ª edição
Título: O encontro marcado
Autor: Fernando Sabino
Páginas: 285
Ano: 1996
Edição lida: 64ª edição
Editora: Record
Sinopse: "Esta é a história de um jovem em desesperada procura de si mesmo, da verdadeira razão de sua vida. Quando absorvido por uma brilhante boêmia intelectual, seu drama interior evolui subterraneamente, ponto a nu os equívocos fundamentais que vinham frustrando sua existência e sufocando sua vocação. História de adolescência e juventude; de prazeres fugidios, desesperos, cinismo, desencanto, melancolia, tédio que só acumulam no espírito do jovem Eduardo Marciano - um homem que amadurece num mundo desorientado. Ele vê seu matrimônio quebrar-se quando já não pode abdicar: por força da sua própria experiência, o suicídio deixa de ser solução. Nessa paisagem atormentada ele deve renunciar a si mesmo, para comparecer ao encontro com uma antiga verdade."
Gostaria de começar esta resenha citando um amigo: 
"Cuidado quando for ler! Você corre o risco de ser fisgado com mais rapidez do que pensa (...)" 
Essa é a sensação de quem já leu, aos desavisados. Quando comecei a ler este livro, não imaginava que fosse terminar. Primeiro por causa de uma resistência natural às obras literárias de autores brasileiros (quando falo em Literatura, não falo de literatura best -seller) causada, talvez, pelo trauma de ser obrigado a ler obras românticas descritivistas durante o colégio. Mas Fernando Sabino me surpreendeu e fui "fisgado" pela história do multíplice Eduardo Marciano.

Somos levados a conhecer o complexo mundo de Eduardo ainda durante sua infância. A Beo Horizonte dos anos trinta nos convida à infância malina do garoto que, entre suas artes, se mostra bastante sagaz para impressionar sua paquera, Leda. É neste ponto que Eduardo conhece um dos meus personagens favoritos, Mauro, que se torna amigo do protagonista Não dá pra passar da infância de Marciano sem citar o suicídio do amigo (Jadir) e da maneira como isso é encarado pelo garoto, que, numa inocência perante a tragédia, diz que faria era um estrago antes de se matar! Temas como a religião permearão o resto do romance a partir desse ponto.

O personagem Eduardo começa a se delinar com o passar do romance. Ele pratica natação e se torna campeão, mas é na escrita que se encontra como satisfeito. O ponto de interesse para muitos está no momento da formatura de Eduardo e seus amigos, quando marcam um encontro lá na escola dali a quinze anos. Daí pra frente começa a vida adulta de Eduardo e os problemas se tornam cada vez maiores. O emprego (entre a satisfação e a insatisfação), a vida boêmia (que é absolutamente maravilhosa, regada a literatura), o casamento (ele muda de emprego e de cidade, perde um filho, comete adultério e por aí vai), a morte do pai, a separação, o retorno a Belo Horizonte e, enfim, o encontro.

Difícil não se apaixonar ao ver as duas décadas de Eduardo, há setenta anos, serem tão parecidas com a
nossa contemporaneidade. Não encontrei livro da nossa literatura que me atraísse mais. Espero que peguem este livro e leiam, pois Fernando Sabino mostrou nessa obra (suposta biografia) um encanto em forma de palavras. Recomendo e advirto aos incautos: esta é uma obra apaixonante e surpreendente. Amem-na.

Abraços!

Fernando Sabino
12/10/1923 — 11/10/2004
"De tudo, ficaram três coisas: a certeza de que ele estava sempre começando, a certeza de que era preciso continuar e a certeza de que seria interrompido antes de terminar. Fazer da interrupção um caminho novo. Fazer da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sono uma ponte, da procura um encontro".

16 comentários:

  1. Oi Felipe, faz um tempo que não leio livros desse tipo, mas gosto bastante, e esse eu não li, gosto muito da literatura nacional e a cada dia tenho conhecido novos autores com livros maravilhosos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Lipe. que livro lindo e interessante.
    Você ler um livro que te faz conhecer o personagem é sempre maravilhoso. Conheci um pouco do autor quando fiz faculdade e devo lhe dizer que preciso ler um livro dele.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Olá

    e ai camarada, tudo bem? Então achei interessante a premissa deste livro, estou aprendendo a gostar da literatura nacional, o personagem nessa obra parece ser bem construído. Fernando Sabino já tinha lido algum livro dele, só não me recordo agora qual foi. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi. eu não tenho problemas com autores brasileiros, aprecio deveras. Li esse livro na faculdade, já tem um bom tempo, a escrita do autor é fabulosa.

    ResponderExcluir
  5. Oi Lipe, tudo bem
    Não conhecia esse livro ainda, mas o que mais me atraiu foi o fato de acompanharmos toda a jornada do personagem pela vida, suas diversas fases, suas perdas, seus erros, suas conquistas até culminar na volta dele para o começo. Dá a ideia de ciclo. Uma excelente dica de leitura. Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!!
    Já eu adoro literatura brasileira - e não me refiro a best sellers também hahaha
    Gostei da pressima, vou anotar!
    Bjs ♡

    ResponderExcluir
  7. Oi Felipe, eu não conhecia a obra ainda mas confesso que a sua resenha me cativou muito a ir atrás do livro e ver o que eu acho, creio que irei gostar muito por ser uma obra de valor. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  8. Oiiie,

    Não conhecia essa obra, mas te agradeço por ter me apresentando a ela. Já tinha ouvido falar por alto sobre o Sabino e só elogios. Espero em breve ler.

    Bjs

    Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  9. Adorei sua resenha e fiquei curiosíssima com esse livro! Nunca li nada do autor e acho que já está na hora, então provavelmente começarei por esse. Obrigada pela dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Ou Felipe, confesso que sempre torço um pouco a boca com literaturas consideradas como clássicas do âmbito nacional, mas também digo que as quais me arrisquei, tive excelente companhia por algumas horas e no final, acabei me convencendo. Sua resenha me deixou curiosa, e já ouvi ótimas opiniões também sobre o autor, então, me arriscaria também nessa, por toda a trama é visão do personagem Eduardo.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  11. Oie
    poxa, que legal, eu só li um do autor até hoje, quem sabe arrisque nesse também, bela dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. pois eu tenho problema justamente com esses 'best-sellers' que andam chamando de literatura nacional ultimamente, salvo algumas exceções, claro...
    Sabino ainda não li, embora tenha vontade, e essa obra em particular me intrigou... leria de boas...
    amei a quote no final da postagem.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Lipe
    Confesso que eu também trago, da adolescência, essa certa resistência frente à literatura brasileira, essa literatura mais clássica. Mas, fiquei curioso pelo modo como essa obra te prendeu. Vou procurar mais sobre ela.

    Abraço,
    João Victor - De cabeça para baixo | All pop Stuff

    ResponderExcluir
  14. Poucos livros classicos da nossa literaruta me chamaram a atenção, devido a que você escreveu mesmo, obrigação de ler nos tempos de escola, mas esse parece ser bem interessante, o que mais curto é Hora da Estrela, mas vou correr risco de procurar esse também!

    Beijos
    http://devoreumlivrooufilme.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Fernando Sabino é incrível né? Dele eu li O Homem Nu e amei, é muito divertido. Ainda quero ler Encontro Marcado, sua resenha me fez ter mais curiosidade ainda.
    Bjs!
    Quem Lê, Sabe Porquê

    ResponderExcluir
  16. Oh god, amo esse livro. é incrível, enfim, livro fantástico, maravilhoso, pretendo até rele-lo em breve, gost do post e do blog.
    palavrasdelucidez.com.br
    Lucas Castelo Viana

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.