10 setembro 2013

2

[Review] Hell on Wheels: One Less Mule S03 E06


Cullen Bohannon, o personagem central do seriado, engenheiro-chefe da Union Pacific, tem muitos problemas e isso, acho, deixei claro desde a resenha sobre a série até as reviews que estou fazendo. Ele iniciou a jornada na estrada de ferro por causa de um desejo de vingança, ficou por orgulho e redenção. Ele tenta agora compensar tudo o que fez e talvez redimir-se consigo mesmo. A obcessão inicial de Bohannon em relação à vingança deu ligar a um senso de dever em concluir o trabalho fundamentado em sangue. Este episódio foca nos pecados do passado e Bohannon no caminho da reconciliação.

O impacto inicial do episódio, no entanto, se dá nos quatro minutos iniciais, quando o evento mais esperado da temporada, apesar de ter sido um choque para mim, acontecer. Esperávamos a volta do Sueco. Esperávamos o mal inerente a esse personagem voltar e se mostrar como o espírito deste vilão. E finalmente acontece! Vimos a convivência dele com a família mórmon, as conversas com Ezra, o garoto da família, as citações do livro sagrado e muitas olhadas para o céu num falso sinal de agradecimento. O sueco matando os mórmons no meio de um ritual que é normalmente feito para limpar os delitos morais, paralelo ao julgamento de Cullen, bem como os esforços de Durant de reinstituir os pecados do passado de Bohannon tornaram o episódio, que à primeira vista choca e depois frustra, bem equilibrado.


A ideia de usar uma cerimônia religiosa para matar a família de mórmons remete-nos ao primeiro episódio quando Bohannon vestiu-se de padre para assassinar o soldado no primeiro episódio da série! As cenas do julgamento de Bohannon, apesar de lentas e às vezes chatas permitiram para que os outros personagens da cidade aparecessem. Muito bom lembrar que Mick está do lado de Bohannon. No fim das contas Cullen decide não se responsabilizar pela ferrovia e manda tudo pros ares. Como uma maneira de esquecer esses problemas, e a vitória de Durant, que voltaria como chefe de Hell on Wheels, ele decide beber. Nesse momento temos uma cena de alegria, por parte de Bohannon. No fim da noite ele decide beber com ninguém menos que Ulysses Grant! O sr. Grant pede para que Bohannon volte a comandar as obras que ele mesmo apoiaria o projeto frente aos empresários.


Esse episódio apresenta muitas informações sobre Bohannon (que também protagoniza uma cena chocante na metade do episódio) e seu modo de agir. No fundo, senti pena, mas o que seria da série sem os fantasmas de Bohannon. Como temos muitas revelações, paro por aqui. Espero que assistam!

"I know when I am baptized
My wrongs are washed away
And I can be forgiven 
And improve myself each day 
I want my life to be as clean
As earth after rain
I want to look for rainbows
Whenever there is rain
Ponder on the beauty of a land made clean again
I want my life to be as clean
As earth after rain 
I want to be the best I can and live with God again"



2 comentários:

  1. Ainda não sei se será uma série que me agradará, mas acho que vale a pena arriscar. Boa dica.

    Estou seguindo seu blog para acompanhar as atualizações e sempre que puder fazer uma visita.
    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.