19 junho 2014

4

Não tenho cabo, mas tenho net: Lost


Gênero: Aventura, mistério, ficção científica, sobrenatural
Criadores: Jeffrey Lieber, J.J. Abrams e Damon Lindelof
País de Origem: Estados Unidos
Emissora de Televisão Original: ABC
Estreia: 22 de Setembro de 2004
Temporadas: 6
Sinopse: "Depois de um acidente de avião misterioso e sangrento, 48 sobreviventes ficam encalhados em uma ilha do Pacífico a milhas fora do curso. Logo fica evidente que eles não terão que lidar apenas com as forças da natureza, mas com segredos da ilha, incluindo a Iniciativa Dharma, dos números perdidos, "os outros" e a estranha fumaça negra. Há também muito mais mistérios cercando os sobreviventes, e é evidente que todos estão conectados de alguma forma e que todo mundo tem um propósito para viver na ilha ... e para alguns, morrer."
Antes de começar esta resenha tem algo que quem me lê deve saber: sou fã de Lost. Eu comecei a assistir série há mais ou menos dez anos e Lost foi uma das primeiras séries, juntamente com Supernatural. A história dos 48 sobreviventes liderados por Jack até hoje chama a atenção de muitas pessoas que amam e odeiam a série (principalmente o final). Mas o que Lost teve que fez a série ser tão polêmica? 

Lost conseguiu ganhar muitos fãs com o plot principal da trama. Na época os reality shows de sobrevivência ainda faziam sucesso e muitos se apaixonaram pela ideia dos náufragos. O sobrenatural da série também é um ponto forte: a fumaça negra e ursos polares em florestas tropicais levantam perguntas. O sinal de rádio em francês e os outros habitantes da ilha dão o clima de suspense ao seriado. 

Lost também tem os personagens como ponto forte. Cada um dos personagens ganha episódios onde são o foco e o background do personagem pode ser explorado. Desde o médico com problemas até o ganhador da loteria, passando pelo viciado em drogas até o ex-torturador, a construção da história desses personagens é invejável e deveria ser exemplo para os escritores de séries. As histórias, à medida que acompanhamos o seriado, parecem se entrelaçar e percebemos como tudo faz sentido.


Muitas pessoas reclamaram do final da série e eu também achei forçado, mas com um pouco de esforço conseguimos compreender os porquês. Não vou me alongar e rasgar seda pelo seriado que tem seu respeito merecido.Aconselho a quem puder, assistir. São muitas histórias e o ritmo é bastante intenso. Assistam e comentem. Quem já viu, diga o que achou.
"(...) if we can't live together—we're gonna die alone." - Jack

4 comentários:

  1. Oiii Lipe, tudo bem?
    O que falar desta série que retrata a minha infância? Eu sempre a assisti diversas vezes com a minha família, alugávamos os dvds só para assistir milhares de vezes. Mas, com o final realmente perdi o interesse. Porém, ela sempre vai continuar no meu coração huahuahuahaua
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. cara, eu nunca conseguia acompanhar direito pq sempre pegava no sono kkkkkkkkkkkkkk minha irmã assistiu, mas não chegou a concluir... vi alguns episódios soltos, pensei em retornar mas as criticas quanto a final me deixaram receosa... mas quem sabe dou outra chance e vejo ao menos uma temporada certtinha e na ordem correta??? pelo menos a premissa me atrai...
    bjs...

    ResponderExcluir
  3. Oi Felipe!
    Eu amo Lost. <3
    Eu tenho todas as temporadas em dvd e depois deste post me deu vontade de fazer uma maratona hehehe
    Eu estranhei o final da série, mas depois do estranhamento inicial eu amei ^^

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Eu assisti as duas primeiras temporadas, depois nunca mais e isso faz um tempo já. Fiquei com vontade de rever e ver até o fim desse vez, mas também fiquei receosa quanto ao final que vc mencionou.

    Bem,quem sabe ainda venha a assistir.


    Beijo!

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.