12 maio 2015

22

[Lançamentos] Petit Editora

Hoje é dia de conferir os lançamentos da Petit Editora.
Tem muita coisa interessante.
Vem conferir!

Quem tem medo não é corajoso?

Novo livro do palestrante William Sanches ensina e desafia o leitor a enfrentar a própria insegurança
O paulista William Sanches sempre admirou pessoas corajosas. Aquelas que não se escondem na multidão para não serem escolhidos, aquelas que mostram a cara e se jogam por completo em tudo. Intrigado com esse “tipo” de pessoa ele passou a estudar sobre o tema. E na busca pela resposta, ele chegou a seguinte reflexão: a coragem não é ausência do medo e sim o enfrentamento dele.
Inspirado pelo assunto, William Sanches traz O poder da Espiritualidade, um livro para todas as pessoas, afinal, como o próprio autor afirma, todo mundo é corajoso, mas tem gente que ainda não descobriu isso.
Publicação da Petit Editora, a obra é repleta de orientações e conselhos de Sanches que é um consagrado professor e mestre quando se trata de espiritualidade. William é famoso por ajudar pessoas que estão passando por dificuldades e até doenças. Ele realiza palestras pelo Brasil inteiro e seu público já passou a marca de 500 mil pessoas.
“Não fique esperando a chave certa para abrir a porta, a pes­soa certa para ser feliz, o emprego ideal para o qual se dedicar. Quando descobrir o seu segredo interior, as coisas começarão a fluir para você”.
Sobre o autor: Nascido em São Roque (SP), William Sanches é formado em Letras e Pedagogia, pós-graduado em Língua Portuguesa e Literatura e cursou Questões Sociais do Novo Milênio na Universidade de Coimbra, em Portugal. Atualmente, é professor universitário em São Paulo, bem como se dedica a palestras e workshops que profere em todo o Brasil – para um público que já ultrapassou mais de 500 mil pessoas – com temas voltados às questões humanas, como: educação, respeito, otimismo, fé e espiritualidade. Apresenta diariamente, na Rede Boa Nova de Rádio, o Programa Tempo de Vida; o quadro Vem Ser Melhor na Jovem Pan; e o Programa Crescer Você pela Rede.


Sinopse
Dividida em nove capítulos, a obra aborda de maneira bastante singela e objetiva como o ser humano pode... evoluir sem complicar! O autor se apoia em vários textos bíblicos, passagens das obras básicas de Allan Kardec e pensadores em geral, e convida a todos a ter uma postura de reflexão e mudança perante sua existência terrena, sempre com o objetivo de progredir, melhorar e evoluir.
Evoluir é simples, nos é que complicamos é um convite para que estejamos abertos às ocasiões e momentos oportunos que a vida nos oferece, tanto para o plano terreno como para o plano celestial, visto que “passamos por diversas fases, todas necessárias, pois precisamos aproveitar todas as oportunidades para efetivar em nós todas as coisas que já temos e que ainda não descobrimos”, assim nos esclarece de modo muito generoso o autor. 
Apresentação: Depois de publicar com sucesso a obra Conta mais, vô, também da Petit Editora, Manolo Quesada agora traz aos seus leitores uma mensagem que vai incentivar e motivar nosso desenvolvimento, seja como familiar, como esposo(a), como colega de trabalho etc. Com uma proposta que muito se assemelha a uma boa conversa, “de amigo para amigo”, Manolo nos apresenta, em tópicos práticos e agradáveis, como fazer para nos tornarmos pessoas melhores e, assim, atingir a evolução. Afinal, “o evoluir é para todos!”.
BIO do autor: Espanhol nascido nas Ilhas Canárias, Manolo Quesada mudou-se para o Brasil em 1954. Iniciou seus estudos na doutrina espírita na Seara Bendita, casa que o acolheu e onde ele pôde se reestruturar em termos de equilíbrio e objetivos para a vida. Em duas oportunidades, atuou como diretor nessa instituição, sendo uma na área de assistência e serviço social e outra na área de divulgação. Como palestrante espírita, atividade que exerce há mais de doze anos, Manolo Quesada destaca-se pela jovialidade e alegria com que apresenta suas palestras. Casado com Marli, é pai de seis filhos e avô das quatro queridas netas que o inspiraram a escrever essa obra. Para conhecer melhor seu trabalho, e também convidá-lo para eventos e palestras, visite: .

Sinopse
Numa trama amorosa, onde o amor de posse se registra de uma encarnação à outra, Violeta arquiteta um plano para eliminar a neta e Sofia, a babá, para obter o que deseja.
Um enredo dinâmico e repleto de ensinamentos, que prenderá o leitor para descobrir sobre os misteriosos sonhos da babá, que unem o passado e o presente dos membros de seu ciclo afetivo em um desfecho emocionante!
Apresentação: Nesta história, Elizabete, uma jovem mãe desencarna precocemente, deixando esposo Mário e uma filhinha de sete anos, Mariana, que é paraplégica. Violeta, a mãe de Mário, tem por ele um amor possessivo, não se importando com a neta e o próprio esposo, Joaquim. Porém, a fim de ajudar o filho a cuidar de Mariana, contrata Sofia como babá, uma jovem carismática, que cursa faculdade de Enfermagem. Mas Violeta sente muito ciúmes do filho e evita que a babá se aproxime dele. Sofia tem estranhos sonhos que lhe revelam uma linda história de amor, porém com um trágico final, entre um jovem casal que viveu no século 19, em meio à impiedosa Guerra do Paraguai. A babá procura o seu tio Breno, um professor de Filosofia e profundo conhecedor sobre espiritualidade e espiritismo. Breno a esclarece sobre o cotidiano do ser humano, pela visão espírita. Do outro plano da vida, Elizabete intui a filha, Mariana, que passa a ajudar Mário e Sofia a se comunicarem por meio de cartas. Violeta, quando descobre essa situação, começa a arquitetar um plano para eliminar do caminho Sofia.

Izabel Gomes
Maria Izabel Gomes Silva é graduada em Farmácia pela Universidade Estadual da Paraíba, mestre em Ciências Farmacêuticas e doutora em Farmacologia pela Universidade Federal do Ceará. Atualmente, é docente da Faculdade Grande Fortaleza e pesquisadora de pós-doutorado na Universidade Federal do Ceará, na cidade de Fortaleza, onde reside com seu esposo e filho. Publicou diversos artigos científicos e capítulos de livros em periódicos nacionais e internacionais. Como é apaixonada por leitura e pela arte da escrita, se lançou como escritora de ficção no ano de 2012, com a publicação do primeiro volume da série policial infantojuvenil Rico e Joana. Criada num ambiente católico, possuía muitos conflitos relativos a questões existenciais, que foram sanados após apoiar-se no Espiritismo.

Sinopse
Em sua estreia muito aguardada na Petit, o relato de Walkiria Kaminski é bastante sensível e emocionante, e nos fala sobre a pintura mediúnica, esclarecendo como esse trabalho pode ajudar encarnados e os que já desencarnaram em sua adaptação no mundo espiritual. Vamos acompanhar como, ao utilizar a arte como terapia, ela pode se transformar em uma poderosa ferramenta de auxílio.
Pescadores de almas é, antes de mais nada, um relato corajoso e surpreendente da vida e da obra da médium psicopictográfica Walkiria Kaminski, que iniciou o movimento Arte Cura no Brasil. “Quanto à questão de as obras estarem ou não dentro dos princípios estéticos e dos padrões de beleza, é preciso que compreendas que a beleza tem muitas faces. Em nosso caso, aquilo que se pode considerar como feio ou sem sentido é de uma grande conquista para os sofredores, sejam eles encarnados ou desencarnados. A Arte que trazemos conosco é arte curativa” (trecho da obra; transcrição do mentor espiritual da autora).
Apresentação: Primeiro livro de Walkiria Kaminski publicado pela Petit Editora. Pelas palavras da autora Walkiria, somos conduzidos a conhecer histórias que remontam às décadas de 1920-30 chegando aos dias atuais. Mediunidade, artes plásticas, movimento da ditadura, suicídio, homens e mulheres tentando se ajustar, são todos os elementos que se entrelaçam nesse romance arrebatador, que ainda apresenta aos leitores uma faceta bastante curiosa e pouco estudada do Espiritismo: a psicopictografia, mais conhecida como “pintura mediúnica”. 
BIO da autora: Walkiria Kaminski apresentou os dons mediúnicos de forma natural desde a infância. E desde o dia 15 de julho de 1981 vem recebendo pinturas mediúnicas e com elas a orientação para formar grupos do projeto Arte Cura em nosso país.
Educadora formada em Letras Neolatinas pela Unicentro do Paraná, mestre em Teoria Literária pela PUC Paraná, é pós-graduada em Terapia Comunitária pela UFC por meio do projeto 4 Varas em Fortaleza, Ceará.
Arteterapeuta na área de saúde mental, com foco na prevenção e redução de danos em crianças e adolescentes em situações de risco nas favelas brasileiras, comunicação não verbal e tratamento terapêutico em arte para autistas atendidos por meio da fusão da arteterapia com a pedagogia Teacch – de tratamento e educação para autistas.
Desde os anos 1990, Walkiria Kaminski, junto a psiquiatras e antropólogos do Brasil e do exterior, atua como voluntária em ações terapêuticas nas favelas brasileiras atendendo a crianças vítimas de abusos, esquizofrênicas e psicóticas. Seu trabalho realizado como profissional dessa área já foi apresentado em congressos nacionais de psiquiatria e estudados por mestrandos e doutorandos de universidades francesas.
Autora de livros de educação inclusiva, artes, cultura indígena e afro-brasileira, educação de jovens e adultos e paradidáticos infantis.
Em sua trajetória mediúnica de 33 anos como médium psicopictográfica, inclui-se a participação como protagonista do filme O autorretrato de Bakun, a criação de 19 núcleos do projeto Arte Cura, além de palestras e apresentações de arte mediúnica em 20 estados brasileiros.
Profissionalmente, trabalha como palestrante e formadora em cursos de pós-graduação e consultora educacional para empresas de educação do nordeste brasileiro.

22 comentários:

  1. Ótimo post. Assim fiquei sabendo de novos lançamentos !
    Me interessei por um dos livros citados !
    Beijos
    http://focadasnoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. NÃO CURTO LIVROS DE AUTOAJUDA
    gostei mais de Quando o amor e o destino se encontram, parece legal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não curto muito, mas as vezes aparece algum que chama minha atenção.

      Excluir
  3. Apesar de não curtir esse gênero de leitura, vi que a sinopse de "quando o amor e o destino se encontram" parece ser uma história bem bonita. Mas posso dizer que adorei todas as capas, especialmente de "o poder da espiritualidade", dá um ânimo só de ver. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  4. Oi oi

    Gostei do livro Pescadores de almas, pela sinopse parece ser MUITO bom e a vida da autora também é interessante.
    É muito bom você poder colocar estes detalhes a mais nos lançamentos =D

    Beijoos

    Blog Mais Café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre bom conhecer quem escreve, né? ^^

      Excluir
  5. sou suspeita porque AMO livros sobre espiritualidade, positividade :) gostei dos livros indicados!

    http://www.jacknuit.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal. Eu queria ter uma bagagem sobre o assunto, mas não tenho, infelizmente.

      Excluir
  6. Oi Deby!
    Não curto muito esse tipo de livro, mas adorei o sobre a evolução! Realmente a gente complica demais a nossa evolução, quando na verdade, deveria ser mais simples neh!?
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveria, mas nunca conseguimos facilitar, né? :/

      Excluir
  7. Oi Déby!
    Eu adoro livros espiritas, e gostei muito da premissa de "Evoluir é simples, nós que complicamos", o título já diz tudo, haha!

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/2015/05/lancamentos-de-maio-editora-saida-de.html

    ResponderExcluir
  8. Oie Deby! Tudo mundo comentou que não curte esse tipo de livro, eu também não curto, mas achei as capas lindas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Tati.
      A maioria disse que não curtia, mas que as capas são lindas.

      Excluir
  9. Também não gosto desse tipo de livros,mas é pequenininho e bom pra distrair !
    Kisses ;)

    ResponderExcluir
  10. Essa editora é uma das poucas que não curto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto do cuidado que eles tem com os livros.

      Excluir
  11. Eu acho super a escolha de capas da petit... Eles tem capas lindas.
    Acontece que não é meu estilo de leitura, então esses eu passo!

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho as capas lindas.
      Estou aprendendo a gostar do que eles publicam.

      Excluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.