21 outubro 2015

16

[Livro Viajante] Pra ler no busão: Marina

Título: Marina
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Páginas: 192
Ano: 2011
Edição lida: 1ª edição
Editora: Suma de Letras
Sinopse: "Neste livro, Zafón constrói um suspense envolvente em que Barcelona é a cidade-personagem, por onde o estudante de internato Óscar Drai, de 15 anos, passa todo o seu tempo livre, andando pelas ruas e se encantando com a arquitetura de seus casarões.
É um desses antigos casarões aparentemente abandonados que chama a atenção de Oscar, que logo se aventura a entrar na casa. Lá dentro, o jovem se encanta com o som de uma belíssima voz e por um relógio de bolso quebrado e muito antigo. Mas ele se assusta com uma inesperada presença na sala de estar e foge, assustado, levando o relógio. Dias depois, ao retornar à casa para devolver o objeto roubado, conhece Marina, a jovem de olhos cinzentos que o leva a um cemitério, onde uma mulher coberta por um manto negro visita uma sepultura sem nome, sempre à mesma data, à mesma hora.
Os dois passam então a tentar desvendar o mistério que ronda a mulher do cemitério, passando por palacetes e estufas abandonadas, lutando contra manequins vivos e se defrontando com o mesmo símbolo - uma mariposa negra - diversas vezes, nas mais aventurosas situações por entre os cantos remotos de Barcelona. Tudo isso pelos olhos de Oscar, o menino solitário que se apaixona por Marina e tudo o que a envolve, passando a conviver dia e noite com a falta de eletricidade do casarão, o amigável e doente pai da garota, Germán, o gato Kafka, e a coleção de pinturas espectrais da sala de retratos.
Em Marina, o leitor é tragado para dentro de uma investigação cheia de mistérios, conhecendo, a cada capítulo, novas pistas e personagens de uma intrincada história sobre um imigrante de Praga que fez fama e fortuna em Barcelona e teve com sua bela esposa um fim trágico. Ou pelo menos é o que todos imaginam que tenha acontecido, a não ser por Oscar e Marina, que vão correr em busca da verdade - antes de saber que é ela que vai ao encontro deles, como declara um dos complexos personagens do livro."

No último post do livro viajante eu falei pra vocês sobre o livro que tinha chegado pra mim que foi escolha da Gleyse do blog Ventos do Outono

E finalmente vou resenhá-lo. ^^


Marina me disse um dia que a gente só se lembra do que nunca aconteceu."
A primeira frase do livro já mexeu comigo e me deixou intrigada com o que essa história poderia me trazer.

De início achava, assim como Óscar, que Marina era um fantasma que tudo era fantasia da cabeça dele, mas com o passar das páginas percebemos que a menina é bem real só tem uma vida atípica das outras garotas de sua idade.

O começo do livro foi bem enrolado pra mim, achava as narrações de Óscar um pouco chatas e até detalhas demais e achava que o livro não ia render, mas do meio pro final ele voou.

Depois que Marina e Óscar, esse último principalmente, ficam meio obcecados em seguir a mulher do cemitério e porque ela é tão misteriosa os dois jovens se metem em situações que deixam nosso coração apertado e eu ficava meio nervosa foi a partir desses acontecimentos que não consegui largar o livro.

Eles descobrem que a mulher tem a ver com Mijail Kolvenik e Eva Irinova e que eles estão mexendo com coisas que desafiam o natural
Quem não sabe para onde vai não chega a lugar nenhum." 
 Eu não sou muito adepta de livros que envolvem assassinatos e certo suspense, mas até que gostei desse.

Acredito que só consegui gostar da leitura porque paralelamente a toda essa confusão víamos uma relação de amor e amizade surgindo de forma natural e inocente entre Óscar e Marina.


Quando Gleyse me mandou o livro disse que eu deveria estar preparada para chorar porque a história mexia com a gente.

De fato a história mexeu comigo, despertou meu interesse e até achei algumas partes meio dolorosas, porém não foi suficiente para me fazer chorar (sou bem difícil para isso).

A história termina com um final que não deixa a desejar tudo é resolvido e ainda há reviravolta com algo que eu já imagina no meio do livro que fosse ocorrer.


Recomendo o livro para quem gosta de histórias com certos mistérios e que ainda há valor entre relações puras e fofas.

Não achei grandes problemas de revisão, só dois bem leves, e a diagramação é bem simples com folhas amareladas que eu amo.



16 comentários:

  1. Eu adorei esse livro. São tantas histórias em uma que é bem difícil de resenhá-lo. Parabéns pelo post!
    http://caindonacultura.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Eu não me sinto atraída pelos livros do Zafón, talvez porque um dos livros dele foi leitura obrigatória na escola... fico feliz que tenha gostado.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Tenho uma amiga que é apaixonada por esse livro e sempre me indica...
    A sinopse mostra um livro incrível e cheio de mistérios, mas não tenho ele em prioridade de leitura, acaba sempre aparecendo mais um e a coisa complica na hora de escolher.
    Achei sua resenha clara e sincera e uma coisa que prezo é você ter dado sua opinião pessoal sobre o livro ao invés de contar detalhe por detalhe a história.
    Gostei muito e quem sabe agora eu me apresse em pegá-lo :)

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  4. Estou com esse livro na estante, mas me falta coragem para lê-lo. Leio sempre resenhas para me dar um up, mas confesso, estou com medo de me decepcionar, pois as minhas expectativas estão sempre em alta. Mas gostei bastante da resenha, espero me encantar com a história e gostar de desvendar os mistérios.

    Beijos,
    Mihh e o Mundo Literário

    ResponderExcluir
  5. Oi Deby, sempre ouvi falar muito bem desse livro e principalmente do autor, mas nunca senti vontade de ler os livros dele, mas esse Marina tem alguma coisa que chama minha atenção, acho que é mais pela trama dele. Ainda quero ler esse livro e ver o que eu acho da escrita do Zafón.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá! Já li e vi alguns videos falando sobre esse livro, com seu post me deu mais curiosidade em ler, pelo jeito vou aumentar minha lista de desejados hehehe. Excelente post.

    ResponderExcluir
  7. Olha, eu quero muito ler algo do autor, tipo, de verdade...
    Mas acho que Marina não é pra mim... não me cativou. Apesar de eu ser a pessoa que ainda gosta de relações puras e fofas e verdadeiras haha
    Bjs
    Tay o Let It Shine

    ResponderExcluir
  8. Oi Deborah!
    Eu AMO Marina! É um dos meus livros preferidos da vida. Foi através dele que conheci Zafón e me apaixonei! Já li vários livros dele e todos são maravilhosos! Ele escreve bem demais.
    Eu também achei, no início, que Marina fosse uma aparição, um fantasma... tudo ali tem uma aura de mistério, é impossível não tecer mil teorias (e, no meu caso, vê-las descer pelo ralo - rs). Eu tomei uns belos sustos em algumas partes (hahahahaha) e me emocionei em outras. É um livro encantador e apaixonante que todo mundo que gosta de ler deveria conhecer.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  9. Oii!

    Eu não li esse livro ainda, mas o enredo dele me chamou bastante atenção. Gosto de livros com fantasma hahahaha
    Enfim, o fato de você achar um pouco triste o enredo me deixou com pé atras porque eu estou meio que fugindo desses enredos assim, maaas eu vou deixar anotado!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  10. Oii
    Adoro suspenses, mas quando a história fica enrolada começo a ficar com um pé atras. hahaha

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Deby!
    Ai caramba, não sei mais o que fazer com os livros viajantes. Tô com dois aqui e não aguento mais protelar eles hahahha Mas, quero fazer direitinho sabe?
    Bom, acho que vou gostar desse livro da gleyse quando ele chegar pra mim *----*
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  12. A ideia do livro viajante é incrível.
    Só escuto falar bem do Zafon, e muito mais de Marina mas ainda não li - nem o livro e nem nada do autor. Acho que preciso mudar isso o quanto antes!!!

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  13. Oi Deby, que bom que você gostou do mistério. Escolhi esse bem leve por sua causa e que também tem romance. Acho que estava muito sensível, pois chorei horrores kkkkk. Bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi Deby!
    Já recebi o Marina, e devo ler essa semana e postei hj a resenha de O Rosto que Precede o Sonho, que lindo!!!!!
    Estou ansiosa para começar a ler Marina, pq minha experiência com o Zafon é super positiva e tenho certeza de que vou amar.

    B-jussss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Deby.
    Eu me apaixonei por esse livro, adoro histórias que envolvem mistério. Adoraria Ler.
    Kisses!

    ResponderExcluir
  16. Oi Deby!
    Uma palavra me define agora UAU!
    Eu amo mistério e esse com certeza parece ser ótimo!!
    Mais um para a minha lista de quero ler, kkkk.
    A primeira frase do livro também mexeu comigo, que começo!!
    Adorei e pretendo ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.