30 outubro 2015

20

Pra ler no busão: Enquanto houver amor haverá esperança

Título: Enquanto houver amor haverá esperança
Autora: Sarah Kilimanjaro
Páginas: 304
Ano: 2015
Edição lida: 1ª edição
Editora: Petit Editora
Sinopse: "Até que ponto alguém consegue superar suas dores?
Por que uns têm coragem e seguem em frente apesar de todas as dificuldades e outros caem em desânimo?
Esta é a linda história de Erika e Maurício, uma história de coragem, persistência e superação.
Erika quando criança sofre um grave acidente que a deixa paraplégica, porém com o amor dos pais, dedicação dos médicos e coragem da menina ela consegue superar suas limitações.
Maurício é um famoso e admirado corredor de automóveis, mimado, tendo tudo nas mãos, se deixa cair no desânimo quando um acidente o deixa fora de seu “mundo ideal”.
Duas histórias que se cruzam, e com resultados diferentes.
Conheça essa comovente história e saiba por que enquanto houver amor há esperança!"

Acho que essa é uma das resenhas mais difíceis que faço. Não por se tratar de um livro espirita, mas pelo fato de acreditar que ele não me trouxe as emoções que esperava.

A história se inicia com os apaixonados Viviane e Alex que resolvem começar uma vida juntos e dessa união nasce Erika que é uma criança muito esperta e amada pelos pais, porém um dia tudo muda quando a menina sofre um grave acidente.

Nos primeiros capítulos nos deparamos com o crescimento de Erika, as amizades construídas por causa do acidente, sua recuperação lenta e a aproximação da família com as crenças do espiritismo.

A partir do meio do livro temos Erika jovem cursando medicina e é em uma das suas idas ao hospital que é voluntária que conhece Mauricio e algo muda nela, mas ele só saber ser rude com ela.

A relação não tem nada de fácil, muito pelo contrário. Mauricio é o primeiro a dificultar porque não aceita seu estado e muito imbecil com a jovem que possui uma compreensão que beira o surreal.

Confesso que a história demorou muito para desenvolver pra mim. Em alguns momentos eu não via a história andar apesar da passagem cronológica ser bem rápida.

Eu queria e esperava algo há mais sobre as vidas passadas porque só se fala que eles são espíritos de vidas passadas e que sofreram muito e por isso estão meio que interligados.

Sobre a revisão do livro não encontrei nenhum problema, gostei da capa e a única coisa que me incomodou um pouco foram as páginas brancas, mas é coisa minha mesmo.

O livro ensina como o amor pode transformar pessoas que estão entregues a amargura e o quanto podemos aprender com quem nos apoia.

Recomendo o livro para quem gosta de romances espíritas, mas para quem nunca teve contato, assim como eu, talvez seja melhor começar por uma obra mais simples.



20 comentários:

  1. bem, já vi muitas opões positivas sobre essa obra, mas literatura espírita não me desce, sério ._.
    até tentei uma vez, mas não rolou... então, prefiro nem me aventurar em livros desse tipo novamente, ainda mais quando tenho uma pilha enorme de leituras pra dar conta... =T

    ResponderExcluir
  2. Oi, Deborah
    Não sou muito fã de romances espíritas então vou passar a dica.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oi Deby.
    Também não gosto de romance espírita, acho chato.
    Que pena que não trouxe emoções, e que a leitura foi arrastada.
    Kisses!

    ResponderExcluir
  4. Oi linda,
    Até gosto de romances espíritas e tudo mais, mas romance não faz meu estilo por esses meses.

    Beijos!
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adoro ler no ônibus, gosto de leituras curtas e leves, principalmente livros que tem capítulos curtos. Não conhecia o livro, nunca li nenhum livro espirita e confesso que não chama minha atenção. Gostei da sua resenha, bem sincera.

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  6. Oieee.
    eu não sou fã de livros espiritas, confesso que não acredito nisso, ali apenas Violetas na Janela e depois nunca mais peguei nada.
    Uma pena que esse livro não funcionou para você, pela sinopse me pareceu bonitinho.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    O que dizer? A premissa é maravilhosa,mas não curto muito essa pegada espírita. Mas, se eu quisesse começar a ler, pode ser que eu começaria por esse. A capa está bem bonita.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Deby!
    Nunca li nada espírita e não pretendo ler.
    É algo que não bate com mu estilo.
    Mesmo o livro parecendo ser bom, acho que não leria.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi Déborah, eu já ouvi falarem bastante desse livro mas ele não chama minha atenção, acho que porque nunca li nada do gênero, mas assim como você disse acho que eu iria começar por outro livro mais leve.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Débora, tudo bem?

    Não costumo ler livros espíritas, mas já tinha lido outras resenhas bem positivas desse livro. Que pena que não funcionou tão bem para você, talvez por você nunca ter lido nada do tipo, suas expectativas eram outras que não acabou recebendo com esse livro. Mas faz parte!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  11. Oi Deby, me parece que histórias baseadas no espiritismo são sempre muito profundas e cheias de reflexão, como talvez seja o caso desse livro, mas pelo que você conta, a história não parece fluir tão bem como deveria. Não sou religiosa, logo esse tipo de leitura não me atrai, mas acho que vale a experiência. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem ?

    Não conhecia o livro, geralmente não tenho muito contato com a temática. Mas achei sua resenha bem sincera e talvez, assim como você disse, esse não seja o livro certo para iniciar a leitura desse gênero. As vezes essa coisa da passagem cronológica ser rápida é o que acaba dificultando o desenvolvimento, creio que tenha sido esse o caso. Que pena.

    Fernanda Oliveira | Meraki

    ResponderExcluir
  13. Oie Déborah :)
    Tinha visto no seu último vídeo que você era parceira da Petit e estava ansiosa por ler uma resenha sua de um livro deles...
    Já li alguns espíritas ótimos, embora hoje em dia não sejam mais meus favoritos, mas creio que ao menos os mistérios das vidas passadas deveriam ser explanados pelo autor, para sabermos de fato que laços unem os protagonistas da trama.
    Uma peninha que você não gostou tanto quanto achou que gostaria :(
    PS: Folhas brancas também me incomodam um pouquinho.

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  14. Oi Deborah!
    Leio livros espíritas há muito tempo e adoro! Comecei a ler esse livro mas ainda não terminei. A leitura está bem arrastada e estou sentindo falta de várias coisas, em especial da pegada espírita que estou acostumada.
    A capa é linda, a sinopse passa aquela imagem de que o livro terá uma história incrível... mas ainda sinto faltar algo. Enfim... coisas da vida!
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  15. Oi Debora...
    Acredita que eu nunca li um livro espirita na vida?
    Então eu acho que num é pra mim esse livro ainda né?
    Gostei da historia e achei bem interessante, mas acho que não o leria :/
    Só uma observação.. eu tbm não gosto de livros de páginas brancas... atrapalha a leitura na minha opinião haha

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  16. Oi Deby!
    Eu já curti muito livros espíritas, hoje já não tenho muito paciência para eles. Mas mesmo assim esse livro parece interessante, pena que a história demore a se desenvolver, acho tão ruim quando uma leitura se arrasta.

    B-jusss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  17. Fico rindo sozinha com. Esse livro é essa história que me destrói quando descubro que na verdade, a protagonista é a filha do casal... Ahahahaha
    E eu achei interessante até leria... Mas essas coisas doidas de várias vidas acabaram com o meu interesse... Acho tão surreal viver várias vezes com as mesmas pessoas por perto que não consigo nem imaginar algo assim
    Parabéns pela resenha
    Bjs
    Tay do Let It Shine

    ResponderExcluir
  18. olá!
    Nunca li nenhum romance espirita apesar de ter curiosidade, gostei da sua resenha e quem sabe eu não de uma chance?

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  19. Olá

    A premissa do livro, me chamou a atenção, nunca li um livro espirita, mas leria esse sem problemas, vou procurar depois, gostei da sua resenha.

    Bjss

    ResponderExcluir
  20. Oi Deby!
    Eu não gosto muito de romances espíritas, eles mexem demais comigo ou não mexem nada, então eu prefiro ficar um pouco longe deles T_T
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.