18 março 2016

12

BLOGAGEM COLETIVA: PROFUNDO e INTENSO, de Robin York‏


Leitores, hoje venho divulgar para vocês dois livros e ao mesmo tempo falar de um tema que está se tornando recorrente na mídia, e não só aqui do Brasil, mas em vários outros países.

A Arqueiro está lançando esse mês os livros Profundo e Intenso, da autora Robin York, que abordam o tema vingança pornô (revenge porn).

Mas o que é isso? Deixarei para vocês a explicação, em nota, da própria autora:


Aqui no Brasil, temos a lei PL 2793/2011 sancionada em 2013, apelidada de Lei Carolina Dieckmann em decorrência do caso acontecido com a atriz e a sua luta em prol de justiça.
São crimes previstos pela lei e que cabem punição:
1) Art. 154-A - Invasão de dispositivo informático alheio, conectado ou não à rede de computadores, mediante violação indevida de mecanismo de segurança e com o fim de obter, adulterar ou destruir dados ou informações sem autorização expressa ou tácita do titular do dispositivo ou instalar vulnerabilidades para obter vantagem ilícita. Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, e multa.
2) Art. 266 - Interrupção ou perturbação de serviço telegráfico, telefônico, informático, telemático ou de informação de utilidade pública - Pena - detenção, de um a três anos, e multa.
3) Art. 298 - Falsificação de documento particular/cartão - Pena - reclusão, de um a cinco anos, e multa.
4) Art.154-B
A "Lei Carolina Dieckmann" entrou em vigor no dia 02 de abril de 2013.

O caso da atriz Carolina Dieckmann teve grande repercussão, logicamente pelo fato de ela ser uma pessoa famosa, mas quantas pessoas já não passaram por esse tipo de acontecimento?

Sim, é um ato vergonhoso, mas não pode-se deixar abalar totalmente deve-se ir atrás dos seus direitos e lutar para que quem cometeu o ato seja encontrado e preso.

Sobre os livros:

Caroline Piasecki vê sua vida se transformar em um pesadelo quando o ex-namorado espalha fotos dela nua na internet. De uma hora para outra, sua reputação é arruinada e o futuro promissor que a aguardaria após a faculdade já não parece tão garantido. Desesperada, ela tenta fazer com que as imagens sumam da rede e, ao mesmo tempo, procura se defender da multidão de pessoas que a julgam.
Um dia, quando um cara que ela mal conhece sai em sua defesa e dá uma surra em seu ex-namorado, tudo muda. À primeira vista, West Leavitt é a última pessoa de quem Caroline deveria se aproximar – ele tem um ar sombrio e ganha a vida de forma ilícita. Ela, por sua vez, é o tipo de garota que West sempre tentou evitar. Rica e privilegiada, jamais entenderia as dificuldades pelas quais ele já passou.
Mesmo com todas as diferenças, os dois se tornam amigos. Com Caroline, West sente que fará de tudo para ser um homem melhor, e ela encontra nele a força para reagir. Quando parece impossível resistir à paixão avassaladora, West e Caroline descobrem que às vezes a única opção que resta é ir mais fundo.

A vida de West Leavitt foi do céu ao inferno em poucos meses. Ele achava que era possível ter um futuro melhor, mas acabou retornando para os dramas diários de sua família. Agora, em meio a uma tragédia, o rapaz não sabe o que fazer para ajudar Frankie, sua irmã caçula. Quando ele está prestes a desmoronar, só uma pessoa lhe vem à mente: a jovem segura e determinada que ele um dia pensou merecer.
Longe dali, Caroline Piasecki sonha mais uma vez com West: a pele contra o seu corpo, o cheiro dele, a mão deslizando pela sua barriga... Mas sonhos são apenas sonhos. Ela sabe que o ex foi embora e não vai voltar. Por mais doloroso que seja, Caroline precisa se esquecer do tempo que passaram juntos. Até que seu celular toca e um West transtornado está do outro lado da linha. Sem pensar duas vezes, Caroline vai ao seu encontro.
Só que muita coisa mudou desde que eles terminaram. West tenta afastar Caroline de sua vida de todas as maneiras. Ao mesmo tempo, o desejo que sentem um pelo outro parece ter ficado até mais forte no período em que estiveram separados. West ainda sente algo por ela, mas não se considera uma boa companhia para ninguém. Caroline quer estar nos braços de West, mas sabe que deve partir para que ele não sofra.
Nesse embate de emoções, eles precisarão encontrar os próprios caminhos e descobrir: por mais intenso que seja o laço que os une, ainda é possível um recomeço?


12 comentários:

  1. Oi Déborah, tudo bem?
    O tema é bem recorrente nas mídias devo admitir, mas essa é a primeira vez que vejo ele em um livro. Não sei se fará o meu estilo, mas dependendo do tamanho eu lerei.

    ResponderExcluir
  2. Hello!
    Achei bem diferente lançar de uma vez os livros Profundo e Intenso, pq é continuação do outro ne?
    Estou vendo essas postagem e gostei mto da campanha, nao saberia lidar se a minha intimidade fosse invadida assim.
    Adorei conhecer a historia de Caroline e de West, vou com certeza ler.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  3. Oi Débora, tudo bem?
    Eu adorei a editora Arqueiro estar debatendo um assunto como esse. A gente precisa discutir sobre isso para tentar evitar que isso aconteça. Para abrir os olhos das pessoas. Para alertar que isso é crime. Que se a gente ver, não pode fingir que não sabe de nada. Que tem que denunciar, não podemos nos calar diante de tão ato.
    Beijos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Débora!
    Adorei que a editora trouxe esses livro, pois são assunto bem sérios e que podem através desses livros clarear e informar as pessoas. É um assunto sério e muito bom saber que temos uma lei para esse crime absurdo. Nem preciso dizer o quanto quero conferir esses livros!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  5. Achei o tema abordado no livro, com certeza eu leria. Aguardo ansiosamente a resenha.

    ResponderExcluir
  6. Adorei essa ideia da Arqueiro de falar sobre esse tema tão polêmico. Quero muito ler esse livro. Adorei sua postagem, explorou bem a proposta!

    ResponderExcluir
  7. Déborah, vi essa publicação em outro blog também e acho super importante esse tipo de divulgação para a conscientização do maior número de pessoas.
    Parabéns!
    beijos

    www.prateleirasemfim.com.br

    ResponderExcluir
  8. olha, dependendo de como foi abordado na história, os livros podem até ser bons, mas com essas capas... de boas, eu correria...
    mas, vamos ver com os dias as resenhas que forem saindo se formulo uma opinião melhor...

    ResponderExcluir
  9. Oi Déborah, achei o enredo desta duologia muito interessante e atual, por isso estou com vontade de ler. Só um detalhe que descobri quando fui fazer esta postagem para o blog, a Lei Carolina Dickmann não pega estes casos, pois no caso da atriz e posteriormente da lei que leva seu nome, o crime foi feito por hackers e a lei é para punir este tipo de crime feito por hackers.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Olá, já vi diversas postagens sobre esses lançamentos da editora, mas confesso que não gosto da temática e por isso não tenho muita vontade de ler.

    Abraços
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  11. Oie Deby.
    Que tema forte!! Já vi muito disso pela internet e aqui na minha cidade também. É realmente avassalador quando ocorre.
    Mesmo não fazendo meu gênero eu leria, para ver como a personagem reage aos fatos e supera tudo.
    Espero nunca estar na pele dessas pessoas, mas adoraria ajudar.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. OI Deby!
    Você sabe como me sinto em relação a esse post, mas fico feliz que você tenha conseguido embasar ele tão bem, ficou bem legal!! E ai, vai ler a série?
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.