11 março 2016

15

Pra ler no busão: Quebra de confiança

Título: Quebra de confiança
Autor: Harlan Coben
Páginas: 224
Ano: 2011
Edição lida: 1ª edição
Editora: Arqueiro
Sinopse: "Este é um momento importante na carreira de Myron Bolitar. Depois de agenciar alguns atletas pouco conhecidos, ele agora é o empresário de Christian Steele, a maior promessa do futebol americano de todos os tempos. Talentoso, bonito, centrado e carismático, tudo indica que o rapaz também poderá arrematar milhões em contratos de publicidade.
Mas, ao mesmo tempo que vive o auge na carreira, Christian enfrenta um drama na vida pessoal. Um ano e meio atrás, sua noiva, Kathy Culver, desapareceu subitamente e, exceto pelos fortes indícios de que tenha sofrido uma agressão sexual, a polícia não conseguiu descobrir nada sobre sua última noite no campus da Universidade Reston.
Prestes a ser contratado em uma negociação que pode ser a maior de todos os tempos em sua categoria, Christian recebe o exemplar de uma revista que traz a foto de Kathy em um anúncio de disque sexo. Além disso, o caso acaba de ganhar mais um ingrediente de terror: três dias atrás, Adam Culver, pai dela, foi morto em um assalto bastante suspeito.
Agora, com a ajuda de Win, seu melhor amigo, Myron tentará impedir que as notícias sobre a ex-noiva de Christian atrapalhem a carreira do rapaz e irá em busca da verdade – doa em quem doer."

Olha eu aqui de novo com outro livro do Coben. Vou dizer uma coisa: se o Coben fosse brasileiro eu acho que já faria um estudo sobre ele! Já li alguns livros dele e acho a escrita dele bem familiar para poder comentar com certa propriedade. Mas sem encher linguiça: vamos ao livro.

Quando tive a oportunidade de escolher um novo livro do Coben para ler, decidi pegar o início da carreira de Myron Bolitar e terceiro livro da carreira do autor. Como disse, li alguns dos livros do Coben e é evidente a mudança na estilística do escritor - apesar de muitas características do trabalho terem, também, se mantido - no passar dos anos. E mesmo eu tendo gostado mais de Sem deixar rastros ou do final de Alta tensão, gostei bastante do final bem amarrado de Quebra de confiança.

Parecia que Coben teve a chance de transformar Myron Bolitar em um personagem muito interessante, mas de alguma forma se perdeu no meio do livro. No início, parecia que teríamos umm olhar mais aprofundado na profissão de agente esportivo e tal, mas o livro trata muito pouco, disso já que a maior parte da trama do livro gira em torno do desaparecimento de Cassie Culver.Ou seja, Myron poderia muito bem ter sido um médico ou um advogado que não faria tanta diferença, o que foi decepcionante.

Eu gostei muito do comportamento sabichão de Myron no início do livro, mas seu ar de espertalhão constante começa a ficar cansativo da metado pro final do livro, e torna-se perturbador perto do final. Impossível alguém tirar onda em absolutamente todas as situações, mesmo quando você está com uma arma apontada para sua cabeça, o que realmente faz com que a verossimilhança do personagem e da situação seja levada na brincadeira. Teria sido muito mais realista para Myron se ele tivesse  medo - ou pelo menos um pouco de nervosismo - de vez em quando.

Felizmente, a trama em si foi muito bem pensada, bem amarrada, e interessante durante todo o caminho. Coben consegue deixar-nos em dúvida sobre o que tinha acontecido aconteceu com Cassie, bem como a identidade do culpado, todo o caminho até revelar no final. Quando todos os detalhes vieram à luz, tudo fez sentido e foi realmente crível.

No geral, Quebra de confiança foi uma leitura decente. A série Myron Bolitar fica melhor com o passar das publicações e estou ansioso para pegar os outros livros. O livro está super recomendado!


15 comentários:

  1. Olá!!!
    Gostei da resenha. Nunca li um livro desse autor, mas estou doida para iniciar algum.
    Beijos.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Lipe, eu sinceramente não curti muito o personagem que o autor criou. Li Alta Tensão e realmente, esse jeito tão despreocupado chega a ser muito artificial e irritante. Não Conte a Ninguém, possui um mocinho bem diferente e foi uma leitura muito melhor para mim. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oiii!

    Eu adoro a escrita do autor, mas ainda nao consegui ler livros dessa série. Gostei da sua resenha e da sinceridade ao relatar a obra!
    Vou deixar anotada para ler em breve!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Olá, nunca li nenhuma obra do autor, e me sinto muito culpada com isso, pois adoro a temática dos livros. Pretendo mudar isso em breve, valeu a dica!

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  5. bem, do que li da série desse personagem, não cheguei a me irritar com ele, mas tbm estranhei em alguns momentos o seu comportamento... enfim...
    esse livro ainda não li, mas pretendo ler a série toda... li salteado [fora de ordem], mas disseram que não prejudica a leitura...

    ResponderExcluir
  6. Oi Felipe.
    Ótima resenha.
    Eu não sou tão chegada a escrita do Coben, só li Quando Ela Se Foi até o momento e tenho Alta Tensão para ler, mas confesso que adorei o personagem e a escrita do autor. Quero ler todos os livros dele mas as minhas leituras já estão tumultuadas no momento, mas futuramente pretendo adquirir os outros.


    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oiie
    eu só li um do autor até hoje e gostei bastante, infelizmente não tive oportunidade de ler outros mas toda resenha que vejo me deixa curiosa, adorei o enredo desse e vou anotar na lista haha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    adorei sua resenha, o livro parece ser muito bom, ainda não li essa obra de Harlan Coben, mas pretendo ler, deve ser bom. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oieeee! Eu só li um livro do coben até agora da série Myron Bolitar que foi o Detalhe final mas já sou completamente apaixonada por ele e pelo Win, quero ler toda a série desde o início <3


    http://www.porredelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Li um livro só do Coben (Cilada) e achei que ficou bom só no final. Porém, ainda pretendo ler mais dele. Gostei bastante dessa premissa, vou incluir na minha lista de leituras para sair da zona de conforto.

    ResponderExcluir
  11. Olá, gostei da resenha. Eu ainda não li nada do autor, mas acho a premissa desse livro bem interessante e tenho curiosidade de ler e saber como a trama se desenvolve.

    ResponderExcluir
  12. Oii,

    Ainda não li nada desse autor, mas confesso que com essa resenha fiquei bem curiosa em conhecer a escrita dele. Gosto de livros com histórias que envolvem um mistério, são bem empolgantes.

    beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Felipe!!
    Eu também achei que Coben perdeu a oportunidade de transformar o Myron em alguém legal, porque é mesmo um personagem MUITO CHATO, cheio de inconsistênicas, não fui com a cara dele em Detalhe Final... Acho que não vou ler Quebra de Confiança por agora, pelo menos até eu esquecer o comportamento bizarro de Myron, não quero ler nada sobre ele!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  14. Sempre ouço falar muito bem do Coben e tenho até certa curiosidade de lê-lo. Quem sabe eu faça isso mais para frente. Essa série parece ser interessante.

    Beeijos, Erica Regina
    Blog Parado na Estante / Fanpage Parado na Estante

    ResponderExcluir
  15. Oi!

    Eu adoro livros policiais e adorei a resenha.
    Já tinha lido Alta tensão e adorei tanto a história quanto o estilo do autor, acho que vou apostar nesse também.

    Isabela Sena

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.