29 abril 2016

15

Pra ler no busão: O aprendiz do Arquimago

Título: O aprendiz do Arquimago
Autora:Michael A. Iolra
Páginas: 630
Ano: 2015
Edição lida: 1ª edição
Editora: Chiado
Sinopse: "“Você foi honrado com a oportunidade de ser meu discípulo, uma honra que qualquer um dos acadêmicos de Everard desejaria, pois embora tenham bons mestres, eu estou muito acima de todos eles. O treinamento será muito mais árduo, não duvide disso, mas terá suas recompensas. Se sobreviver, digo, se resistir até o final, sob a minha orientação você virá a tornar-se um mago de altíssimo valor, admirado e invejado por muitos.”
Entretanto, o menino elfo descobre amargamente que tamanha honra não é concedida sem que um alto preço tenha de ser pago, e que simplesmente estar sujeito ao desagradável temperamento de seu excêntrico e arrogante tutor deve ser a pior prova que alguém pode ter de suportar. Não obstante, ele se vê obrigado a enfrentar não apenas um treinamento extremamente rígido e insano, mas também a saudade de sua mãe e um sentimento de urgência crescente.
Conseguirá o garoto conquistar sua tão desejada graduação, superando todos os desafios impostos e, pior, a crueldade e intolerância de seu próprio mestre?"
Fazia um bom tempo que eu não trazia uma resenha da editora Chiado por aqui, mas acontece que o livro que eu escolhi dessa vez foi um pequeno tijolo e acabei demorando um pouco para concluir a leitura.


O livro conta a história do garoto elfo, Aglarion, que decide se torna um mago e sua mãe que é a rainha dos elfos pede para o grande arquimago Kyehntw'arthal que o aceite como seu discípulo, sendo assim o meio-elfo aceita ser tutor do jovem.

De início parece mais que o mestre quer desmotivar o jovem aprendiz, na verdade quase todo o livro, mas Aglarion aprende muito com o mestre inclusive que tem o dom para a magia.

Ele tem a companhia da protegida de Kyehntw'arthal, Vedriny que também é uma elfa e está aprendendo a ser uma maga.

Vemos como é o relacionamento de Kyehntw'arthal com seus discípulos, que é bem diferente um do outro, e também como o arquimago tem um humor horrível e de difícil convivência, talvez seja porque ele sabe demais, mas não mostra realmente o porquê dele ser tão intragável.


A narrativa é bem lenta, pois o autor faz questão de mostrar detalhes sobre cenários e situações. Essa escrita minuciosa as vezes se torna um pouco cansativa, mas há momentos que é tão interessante o fato que está acontecendo que sentimos as páginas passarem.

Logo, tudo depende do momento que está sendo narrado.

Não consegui me afeiçoar a nenhum dos personagens. Mas gostei muito dos ambientes da história, pois muitas vezes me senti no meio de uma narrativa de RPG.


As folhas do livro são amareladas e não há nada de mais na diagramação, ela é okay e as letras são até bem grandes.

A capa é linda, foi o que tento me chamou atenção para querer lê-lo.

A revisão está de parabéns, não encontrei nenhum erro.

Não é uma leitura rápida, mas é uma leitura muito boa que te leva para um mundo mágico. Dá vontade de morar onde se passa a história.

Uma ótima pedida para quem gosta de aventuras, elfos e magias.



15 comentários:

  1. Oi Déborah, eu não conhecia esse livro, mas venho me surpreendendo como a editora está lançando ótimos titulos. Esse mundo mágico é o que mais chama a minha atenção, especialmente porque eu amo esse gênero.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oiii Déborah, tudo bem?
    Eu sou louca para ler este livro, sou apaixonada pela história mesmo e acho um encanto essa edição <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Déborah! Como vai? :) Gosto muito de histórias assim, mas a minha lista de leituras está enorme, já tá caindo livro lá de cima de tão binariamente grande. hahaha
    Vou deixar a dica passar por enquanto, mas já anotei o nome.

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto muito desse universo fantasioso e achei a história muito interessante, mas o fato de ter tantos detalhes acaba me desanimando, não gosto muito de livros com tanta descrição (geralmente eu pulo essas partes, a não ser que sejam bem interessantes). Não descarto a leitura, mas não é algo que eu leria por agora.

    ResponderExcluir
  5. Oi Deby, só consigo pensar em vocês escrever o nome da elfa kkkk. Esse livro não faz meu gênero, e com esses detalhes que tornam a leitura lenta eu logo iria me entediar, mas também gostei da capa e que não havia erros de revisão. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá, Déborah!
    Gostei bastante de sua resenha. Ficou claro que o livro não foi de seu inteiro agrado, ainda assim, ressaltou as partes positivas e me deixou curiosa para lê-lo e tirar minhas próprias conclusões sobre a história.

    Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Deborah,

    Amo fantasia e adorei sua resenha, embora eu tenha ficado um pouco desmotivada em saber que tem descrição demais e isso pode tornar a leitura monótona, então não é uma obra que eu investiria pelo menos no momento.

    Bjo
    Tânia Bueno Faces

    ResponderExcluir
  8. Já quero este livro! Adoro narrativas de fantasia. Acho uma pena o excesso de detalhes sobre cenário, pois isso se torna meio cansativo mesmo. Mas ainda assim a obra me interessa. Adorei a resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Histórias com partes lentas me cansam muito. Além disso, não sou fã de obras com elfos e magia, então dificilmente o lerei. Mas que personagem com nome esquisito, simplesmente impronunciável!

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia esse livro, fiquei interessada porque amo fantasia, mas depois que você falou que a narrativa é lenta acho que mudei de opinião, gosto de agilidade rsrsrsrs. Parabéns pela resenha. ;)

    pegueumaxicarablog.com

    ResponderExcluir
  11. Minha experiência com esse livro foi bem diferente da sua... me afeiçoei muito aos personagens, me envolvi muito com eles. Apesar do livro ser enorme, li bem rápido, devorei mesmo, ainda que tenha vários detalhes. Acho que era simplesmente o livro perfeito para mim, não consegui largar até terminar! rs... Mas que bom que gostou da leitura mesmo não tendo tido uma experiência tão positiva quanto a minha.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. oi, tudo bem?
    O livro não chamou muito minha atenção. Não curto tanto essas histórias mais épicas, com aprendizes e tal. E saber que a narração é lenta, só me desanimou mais ainda.
    Gostei da sua resenha, bem sincera.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Adoro livros de fantasia, e essa capa realmente me chamou bastante a atenção! Livros que envolvem elfos e classes parecidas sempre despertam minha curiosidade. Vou procurar :)

    ResponderExcluir
  14. Oi Deborah, é complicado este detalhamento, pois realmente tem horas que atrapalha deixando a leitura cansativa, por outro lado, se bem feito, leva o leitor para dentro da história. Enquanto lia a resenha, achei o livro a cara de uma amiga minha, do qual já vou passar a dica.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?

    Eu gostei da trama, apesar de parecer um recorte. Gostei do mundo criado e gostaria de conhecê-lo mais. Me lembrou um pouco O Senhor dos Anéis. Não conheço muito RPG's, mas sei ~mais ou menos~ o que falou ali. Achei interessante essa "escolha" que o elfo faz, pois nas histórias comuns de fantasia elfos e magos são criaturas diferentes e, até onde sei, não dá para "escolher" ser outro ser. Isso me intrigou e me deixou curiosa. Achei a capa muito bonita, embora não tenha feito com que eu remetesse a um universo de elfos/magos. Parece algo bem mais próximo da ficção científica. Me lembrou Matrix hahaha. (Minha cabeça é meio louca, perdoa isso haha).
    Gostei da resenha, ficou no ponto! :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.