27 junho 2016

20

Pra ler no busão: Shirley

Título: Shirley
Autora: Charlotte Brontë
Páginas: 397
Ano: 2016
Edição lida: 2ª edição
Editora: Pedrazul
Sinopse: "Nas profundezas Yorkshire rural, Briarfield, por volta de 1811, as guerras napoleônicas causavam grandes transtornos. O comércio estava péssimo, comerciantes enfrentavam a bancarrota e usineiros como, Robert Moore, um jovem e ambicioso cavalheiro, se via forçado a lutar para manter o seu negócio. É neste cenário, em que a ordem social de toda a região estava abalada, que a vibrante, emancipada, inteligente e misteriosa jovem herdeira, Shirley Keeldar, retorna à mansão de Fieldhead.
Obstinada, assim que ela toma posse da grande quantidade de terra, da casa e do imóvel onde funcionava o moinho de Robert Moore, muita coisa começa a mudar na região. Rapidamente se torna amiga íntima da órfã e delicada Caroline, uma menina muito bonita, sobrinha do reverendo anglicano Helstone.
Shirley guarda um segredo, mas isso não impede que todos os homens elegíveis do município, assim que souberam de sua chegada e fortuna, lhe propusessem casamento. Exceto Moore que, preocupado com seu negócio, não dava muita atenção ao assunto, muito menos a uma das jovens que era secretamente apaixonada por ele.
Intrigas, rebeliões, doenças, solidão, orgulho e paixão marcam este romance que, no final, os verdadeiros sentimentos, finalmente, vêm à luz e a verdade é descoberta."

Infelizmente, começo essa resenha dizendo que por motivos de estar sobrecarregada no trabalho, ela está saindo bem depois do que eu queria.

Porém, não consegui ler na velocidade que queria, mas li.

Vamos ao que interessa!



No início temos a apresentação dos anglicanos e sua fome exagerada, assim como a descrição de ambientes em que a história se passa e da doce Caroline.

É incrível como a narração, que tinha tudo para ser monótona, se torna interessante e te transporta para os lugares em que a história se passa. Cenários maravilhosos!

Caroline rouba a cena com seu jeito meigo e devoto e, perdidamente, apaixonada pelo primo que parece não notá-la.

Passei boa parte do livro me perguntando quem seria Shirley, mas quando ela aparece dá para entender porque o livro leva seu nome.


Shirley é uma jovem totalmente a frente de seu tempo. Miss Keldar faz o que quer e como quer. Ser herdeira faz com que se torne mais independente e não abaixe a cabeça para homem nenhum.

Sua amizade com Caroline é sincera e devotada, porém em muitos momentos fiquei com muita raiva dela, pois a achei cega por fingir não ver o que Caroline sentia por Robert e parecia que lhe fazia bem ver a amiga sofrer.

Sim, sou team #Caroline me julguem! 


Ainda bem que depois da metade do livro passei a ver Shirley com outros olhos e já não queria mata-lá, tanto.

Robert Moore é um cavalheiro que só pensa na sua fábrica e em reconquistar fortuna, mas se mostra um homem encantador com o passar da história. Mas o mais difícil é não morrer de amores pelo irmão dele que por sinal traz umas turbulências a história que são maravilhosas.

Uma das coisas que fez com que eu ficasse mais apaixonada foi o fato da autora/narradora falar com o leitor. Me lembrou muito dos livros de Machado de Assis e é algo que eu gosto muito.


Se você não tem problemas em se aventurar pelos clássicos, por favor, coloque esse na sua lista, pois não vai se arrepender. É o tipo de história que traz personagens envolventes, carismáticos e até mesmo aqueles que te aborrecem.

Tudo na medida certa para você se apaixonar e querer mais.
Você fica presa na história querendo saber logo o desfecho.

A editora Pedrazul está de parabéns pela edição.

A revisão está ótima e o fato dela ser ilustrada dá uma visão ainda melhor dos cenários e dos personagens. Tudo impecável.

Mais do que indicada!




20 comentários:

  1. Oiii Déborah, tudo bem?
    Realmente que obra diferenciada, confesso que de certa forma despertou muito meu interesse e gostaria muito de realizar a leitura, pude perceber que a edição parece estar linda também.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi Deborah,
    Gostei muito da sua resenha, deu pra ver a sua empolgação com o livro. Não costumo ler romances de época, mas não tenho nada contra. Acho que leria Shirley tranquilamente.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel
    relicariodepapel.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Eu morro de vontade de conhecer as obras da autora e pela sua resenha fiquei ainda mais tentada, principalmente por se assemelhar a escrita do Machado de Assis. Espero em breve aderir essa leitura.

    Abraços
    oblogcaentrenos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Hello!
    Nao conhecia o livro Shirley e me chamou a atenção a premissa.
    Mas eu ao contrario nao gosto qdo o livro conversa com a gente de modo direto, perco o raciocinio hehe.
    O livro parece ter tudo mesmo pra gente se apaixonar, tentarei ler.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  5. Oi Déborah, tudo bem?
    Eu nem conhecia esse livro até poucos dias atrás. Mas me apaixonei assim que conheci. Ainda não consegui ler, mas pretendo ler em breve. Espero gostar desse livro tanto quanto gostei do livro da irmã :)
    Beijooos
    https://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, como vai?

    Amo romance de época, são estórias muito ricas...E na sua resenha ficou escancarada sua empolgação com essa leitura. Como não conhecia o livro e amo o gênero, pretendo ler sim. Obrigada pela dica!

    http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
  7. Débora, adoro livros clássico e de época por isso achei bem interessante a história desse livro. Uma boa oportunidade para ler. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    não conhecia essa história, gosto muito desse tipo de livro.
    Daqui há um tempo vou tentar ler.
    Beijos.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Adoro clássicos mas ainda não tive a oportunidade de ler esse.
    Gostei de saber que a história possui personagens envolventes e isso da narrativa falar com o leitor também me agrada.
    Já tô curiosa sobre os cenários, deve ser lindos!
    Ótima resenha e dica anotada, espero conseguir ler em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bem? Gostei muito da resenha, mas não entendi o título "Pra ler no busão"? Eu não conseguiria kk quase 400 páginas. Mas, de qualquer forma, valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  11. Tenho um pouco de agonia de narrativas que "conversam" com o leitor, mas parece uma leitura interessante!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Me interessei muito pelo livro, principalmente porque achei muito interessante o contexto em que a história se passa.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá; depois de ler a sua resenha eu já quero loucamente esse livro! Parece ser no mesmo estilo cativante de outro livro que li da editora, um bom clássico.

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia esse livro,sua resenha conseguiu me deixar bem curiosa até pq amo o estilo de Machado de Assis então sei que vou gostar desse também.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  15. Débora!

    Eu amo as Brontë e estou doida por esse livro!
    Quero muito muito muito ler! <3
    Amei sua resenha e só fiquei mais ansiosa pela leitura. Socorro.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Eu raramente leio este tipo de livro.
    Mesmo assim a história parece ter uma premissa interessante.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  17. Eu amo livros clássicos, e também o Machado de Assis, certamente, colocarei esse me minha lista.
    sobre o trabalho está sobrecarregando, bem-vinda ao grupo, estou dessa mesma forma.

    ResponderExcluir
  18. Oie
    que legal sua dica, muito legal parece ser a leitura, adorei essa capa apesar do gênero não me atrair tanto mas quem sabe eu dou uma chance pois o enredo está bem legal

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oii,
    Eu não costumo ler livros que se passe tão antigamente assim, mas gostei da historia.

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Déborah, sua linda, tudo bem?
    Adoro clássicos, Jane Austen é minha diva literária. Pelo o que contou, acho que vou me apaixonar é pelo irmão dele, risos...Parece ser uma ótima história, a autora é muito conhecida, não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.