13 agosto 2016

13

[OFF] Séries que abandonei


Eu sou uma pessoa que vicia muito fácil em séries e a Netflix acabou se tornando uma grande amiga porque não preciso mais baixar várias delas, só as que não estão em dia lá, mas o que importa é que ajuda muito no vício.

Porém, de vez em quando algo raro acontece. Eu abandono uma série por motivo de que ou ela é muito chata ou entrou outras mais legais na lista infinita.

Vamos as séries que eu abandonei.


ONCE UPON A TIME IN WONDERLAND


Na cidade tipica vitoriana de Londres, uma jovem e bela garota chamada Alice Kingsleigh conta um conto de uma terra nova e estranha que existe do outro lado de um buraco de coelho. Um gato invisível, uma lagarta que fuma, e cartas que falam são apenas algumas das coisas fantásticas que ela viu durante esta aventura impossível. Acreditando que Alice está insana, os médicos pretendem curá-la com um tratamento, presumivelmente, uma lobotomia que vai fazê-la esquecer tudo. Alice parece pronta para colocar tudo isso para trás, especialmente a memória dolorosa do gênio Cyrus, com quem ela se apaixonou antes de perdê-lo para sempre. Mas, no fundo, ela sabe que este mundo é real. Só em cima da hora, o Valete de Copas e o irreprimível Coelho Branco foram salvá-la de um destino condenado. Agora Alice está determinada a encontrar Cyrus enquanto luta contra a maldade de Jafar e da Rainha Vermelha, e ao mesmo tempo lida com os outros perigos do País das Maravilhas, incluindo a infame Jaguadarte.


A interpretação dos atores e os efeitos visuais eram horríveis não chegavam ao dedo mindinho da série Once Upon a Time, muito blergh.


GIRLS

Girls narra a história de Hannah Horvath, uma aspirante a escritora que precisa se virar sozinha depois que seus pais decidem retirar a ajuda financeira. Com 24 anos, a protagonista é acomodada, insegura, mimada e que tem sérios problemas de autoestima, compondo um personagem complexo e que pode evoluir bastante ao longo da série.
Além de Hanna, Girls também apresenta Marnie Michaels (Allisson Williams), uma recepcionista da galeria de arte, cujo sonho é trabalhar com questões ambientais. Ela é apresentada como a mais “responsável” do grupo, mas mesmo assim vive um relacionamento completamente enfadonho com alguém que não combina com ela. Já Jessa Johansson (Jemima Kirke) é uma britânica estudante de filosofia, que afirma ter viajado pelos quatro cantos do planeta. Seu estereótipo é o da garota descolada e bem resolvida, mas logo percebemos que as coisas não são exatamente da forma que ela demonstra. A última personagem é Shoshanna Shapiro (Zosia Mamet), a prima de Jessa. Entre todas as garotas, esta foi a que menos teve destaque no piloto, sendo mostrada apenas como uma pessoa boba e ingênua, que adora Sex and the City.


Durante a primeira temporada achei que ela era um pouco forçada demais e Hannah não conseguiu me convencer e não via graça nenhuma na série.


WITCHES OF EAST END

A série gira em torno de uma família de bruxas com diversos assuntos a serem resolvidos. A personagem central é Joanna Beauchamp, uma poderosa e imortal bruxa que é capaz de curar pessoas e trazê-las de volta à vida, ela é mãe de duas meninas: a caçula Freya e a primogênita Ingrid. Joanna está presa em uma maldição iniciada há gerações, onde é condenada a sempre lidar com a morte de suas filhas ainda jovens e depois engravidar delas de novo. Cansada de ver as filhas sofrerem com a maldição, ela decide lançar um feitiço com a intenção de protegê-las, o que faz com que Freya e Ingrid cresçam sem conhecer suas origens e vivam com ela uma vida pacata na pequena cidade de East Haven, em Long Island.
Wendy é a irmã de Joanna, ela é capaz de mudar de forma e assumir a aparência de um gato com várias vidas. Após cem anos afastada por problemas que envolve a sobrinha Ingrid, Wendy reaparece na vida da irmã para avisar que forças do mal colocam em risco a vida de sua família. Razão pela qual Joanna decide revelar para as filhas que elas são bruxas. No entanto, Freya sempre sentiu que havia algo de diferente e Ingrid nunca acreditou. Com a ajuda da tia e da mãe, elas vão aprender como usar seus poderes e trabalhar juntas para derrotar os inimigos sobrenaturais que buscam vingança contra sua família, mantendo suas habilidades em segredo de todos os seus conhecidos.
Ingrid é uma bibliotecária tímida e muito inteligente, mas que não acredita em si mesma. Seu melhor amigo no trabalho é Hudson e ela tem um romance com Adam, um detetive da polícia que sempre foi secretamente apaixonado por ela. Como bruxa, é especialista em prever o futuro.
Freya é uma jovem inquieta e dramática que trabalha em um bar. Geralmente rendendo-se aos seus desejos e paixões, ela se envolve com Dash Gardiner, o homem de seus sonhos, embora sinta-se atraída por Killian, o cunhado forasteiro que parece ter uma ligação antiga com ela, de outra vida. Seu noivado com Dash provoca uma sequência de eventos que quebra a maldição. Freya é uma bruxa que tem o dom de criar poções e encantos.
Dash é um jovem médico que vem de uma família rica. Sua mãe é Penélope, uma socialite que não aceita o casamento do filho com Freya.


Porque apesar de ser apaixonada por bruxas não consegui me prender à história, achei os primeiros episódios muito mais ou menos e não consegui seguir.

E vocês, quais séries já abandonaram e por que? 


13 comentários:

  1. Oi, Déborah!
    Gente, eu também larguei Girls, mas foi um pouco antes do final da primeira temporada. Eu não consegui simpatizar com metade do elenco.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Tive vontade de assistir o spin-off de OUAT, mas acabei cansando até da série principal e ouvi muita gente falando que não era muito boa mesmo. Já as outras que você mencionou não conheço...
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  3. destes conheço apenas a primeira série, mas nunca cheguei a efetivamente acompanhá-la, vi apenas alguns episódios ocasionais
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. A série Witches of East End também está na minha lista de abandonadas, mas eu assisti até a segunda temporada, quando as coisas começaram a ficar meio estranhas :s

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Eu vivo abandonando séries, mas não por falta de vontade, é por falta de tempo mesmo, trabalhando o dia todo e com duas crianças e mais os livros que preciso ler por conta dos prazos, fica complicado me prender às séries... Nem mesmo nas férias consegui colocar em dia, hehe.

    Bj, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    As duas últimas estão na minha lista sem fim de séries para assistir, mas agora que vi que você abandonou, vai mais para o fim da lista ainda.rs
    Uma que abandonei foi Intelligence, assisti dois ep's e parei, não gostei, achei bem fraca. E pelo visto a série não emplacou, pois só teve uma temporada.
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Deborah!
    Conheço duas das séries que abandonou, mas nunca assisti a nenhuma. Once Upon a Time eu assisti o 1º ep. da primeira temporada e abandonei porque não era para mim. Na época estava na febre por Grimm (que eu AMO) e Once Upon a Time não me prendeu. O que é uma pena pois sempre vejo muitos elogios a respeito dela.
    Eu abandonei Penny Dreadful, que é uma série legal mas estava faltando algo pra mim (eu sou chata, sei disso) e Love, que comecei a ver porque uma amiga me indicou e achei bem chatinha. Hahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. OOi!
    Não conhecia nenhuma das séries. Olha, li rápido no nome da primeira série e achei que estivesse falando de UOAT mesmo, só quando você disse o porquê de ter abandonado que percebi. kkkkkkkkk.
    Esse toque de Alice no Pais das Maravilhas chamou minha atenção, mas sua crítica me desanimou. :/

    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá! Chato quando nos desiludimos das séries. Dessas, eu ainda não assisti Girls nem OUAT in Wonderland. Somente vi Witches of East End, assisti toda, não se tornou especial, mas fui até o final e gostei. E que venham mais séries !!! bjooo

    http://blogaventuraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Gostei de saber sobre essa de Once, nem vou perder tempo...
    Girls eu sempre quis ver, assisti 10 minutos e não consegui continuar, hahaha.
    A das bruxas assisti 4 episódios, e até que gostei, mas não foi nada que me prendeu muito sabe?
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Déborah!
    Não conhecia essas séries, só ouvi falar de Girls. Nossa, se essa primeira série tem uma peça atuação dos atores eu nem vou me atrever a chegar perto dela hahaha.
    Eu geralmente assisto uma série por vez então não abandonei nenhuma até agora, mas a que ta parada há bastante tempo é Demolidor, e OUAT que eu assisti assim que lançou mas logo depois fiquei sem internet então preciso voltar a ver.
    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Oi Déborah!
    Não conhecia essas séries mas já não fui com a cara na primeira olhada rs Eu abandonei 2 Broke Girls nessa última temporada, nem terminei de ver. Adorava a série mas de uns tempos pra cá ficou muito forçada e repetitiva, não tinha mais história. Um dia talvez eu volte, quem sabe. Também abandonei Prision Break, fiquei com preguiça de terminar kkkk

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Não conheço duas séries que você abandonou. Porém, conheço Once Upon a Time in Wonderland. Eu achei a série muito boa, porém, também abandonei e não sei explicar o motivo. Pelo motivo que você apresentou, realmente os efeitos virtuais não são muito bons comparados a Once Upon a Time, que eu amo e sou viciada. Mas gostei da interpretação dos atores.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.