07 setembro 2016

11

Pra ler no busão: Absoluto

Título: Absoluto
Autor: M. S. Fayes
Páginas: 223
Ano: 2014
Edição lida: 1ª edição
Editora: Charme
Sinopse"Ela era um fenômeno, como estudante de direito.
Ele era o advogado mais temido do estado.
Prestes a se formar com honras, Kate se viu imersa no mundo do Direito civil, antes mesmo de estar com seu diploma em mãos. Conhecendo o trabalho do Dr. Gabe Szaloki, ela foi pega, inesperadamente, em uma onda avassaladora de atração, mas ainda assim relutou a se permitir viver esse tórrido romance. Porém, Gabe não era imbatível apenas nos tribunais. Ele queria Kate a qualquer custo e mostraria a ela porque ele sempre saía vitorioso em seus casos.
Em meio a casos jurídicos, os dois se enfrentam em um duelo de palavras, que serve apenas para acender a chama incandescente que Gabe sente por Kate. Kate se vê seduzida pouco a pouco pelo poderoso advogado, entregando seu coração de maneira despretensiosa.
Maquinações invejosas, um conflito e um mal entendido fazem com que os dois se afastem. E quando a verdade vem à tona, Gabe tem que provar que seu amor por Kate é simplesmente absoluto."

Sabe quando você compra aquele livro pela capa e depois ele fica esquecido na sua estante?

Foi exatamente isso que aconteceu com esse livro. Na época a editora Charme estava nascendo e eu super me empolguei, mas cadê que eu li?

Depois de uns 02 anos, foi necessário aparecer a #MLI (Maratona Literária de Inverno) para que eu pudesse tirar a poeira dele e ler.

Como eu já imaginava a leitura super fluiu.


Kate é o tipo de personagem principal cheia de vontades e o melhor de tudo a primeira da turma de direito.

Ela quer se formar e atuar naquilo que acha correto.

Em meio a uma das aulas fora da faculdade acaba vendo Gabe Szaloki em ação e gosta muito do que vê na parte física também.

O mais incrível é que ela resolve testar o cara e contradizê-lo em algo do caso que acabou de ver.

Isso já é o suficiente para deixar Gabe bem intrigado sobre a jovem que acabou de conhecer.

A partir daí os dois passam a se encontrar com frequência e Kate é contratada por um escritório "rival" de Gabe e o clima entre eles só esquenta e fica muito difícil fugir.

Sendo assim os dois partem para um relacionamento, mas está longe de ser um mar de rosas, pois Kate tem que começar a engolir uns sapos bem indigestos na firma que trabalha. 


Confesso que perto do final fiquei com muita raiva do Gabe porque ele agiu como um babaca bonito, mas ainda bem que ele conseguiu consertar as burradas que fez.

A capa é bem bonita e o cara é mais ou menos como a gente imagina o Gabe.

Encontrei pequenos problemas de revisão, mas nada que atrapalhasse a leitura e a diagramação é bem boa, apesar de bem simples, mas só por ser páginas amareladas já me ganha.

Estou morrendo de curiosidade pelos outros livros da trilogia.

Super indico para quem gosta de um bom romance.
"- Nomes à parte, parece que desde que nos conhecemos estamos destinados a sermos pegos de surpresa um pelo outro - ele disse baixinho, entrelaçando sua outra mão com a dela enquanto falava. - Sinto sua pulsação acelerada tanto quanto a minha, o que parece dizer que meu interesse é correspondido."

11 comentários:

  1. Oi Deborah,
    Confesso que o livro não me atraiu muito dessa vez, achei muito clichê.
    Mas a capa é bem bonita mesmo hahahahah
    Beijos,
    sigolendo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Déborah!
    Como a Isabela disse acima, achei a história bastante clichê, porém parece ser interessante. ótima resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Déborah! Tudo bem?
    Conheço o livro e a autora, mas ainda não li nada dela. Sempre vejo comentários tanto sobre os livros quanto sobre a autora no facebook, muitos elogios. Pretendo ler, mas não em breve, vai demorar um pouquinho, muitas leituras acumuladas! Adorei sua resenha!
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Oii Débora, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra em si não despertou meu interesse e irei pular a dica. Mas, parabéns pela resenha e fico feliz que tenha gostado.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. OOi!
    O livro parece não ter bem um diferencial, mas confesso que gosto de premissas assim. Dica anotada!

    beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá! Não conhecia o livro, mas já fico feliz por ver mais autoras nacionais levantando voos com seus romances e editoras apostando neles. ;)


    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Amei a capa rsrs, mas esse tipo de história não chama muito a minha atenção. Porém é uma dica ótima para presentear umas amigas, vou anotar :D

    ResponderExcluir
  8. Diferente de você, eu não gostei nada da capa, parece capa de revista masculina MUDSUDHUSH,mas a história parece ser bem legal, adoro casais que amam e se odeiam ao mesmo tempo

    ResponderExcluir
  9. Olha, esse livro, o enredo, me fez relembrar os romances de banca que eu lia na adolescência. Eu não curti tanto a capa, mas a resenha trouxe o ar nostálgico a minha leitura.

    ResponderExcluir
  10. Olá Deborah tudo bem, li esse livro há dois anos atrás, e achei ele legalzinho na época, achei que faltou mais interação entre os personagens, mas foi uma leitura rápida e me deixou satisfeita. Bjkas

    ResponderExcluir
  11. É o tipo de leitura que eu normalmente não faço mas adoro ver resenhas, como a sua!
    Tão bom poder conhecer um pouquinho! Obrigada!

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.