12 setembro 2016

8

Pra ler no busão: A fúria e a aurora

Título: A fúria e a aurora
Autor: Renée Ahdieh
Páginas: 336
Ano: 2016
Edição lida: 1ª edição
Editora: Globo Alt
Sinopse: "Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado.
Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga.
Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto."


Eis uma história que te prende de uma maneira avassaladora e que a cada página você só quer mais.

Foi assim que me senti durante e depois dessa leitura.

Mas para meu desespero o livro não é único e só me resta sofrer pela continuação...

Eu pensava que as histórias envolvendo Sherazade (mesmo que de outras maneiras) acabaria, mas parece ser uma fórmula que dá muito certo já que a autora/autor pode sempre mesclar as razões e motivos transformando em outra história.

É isso que Renée Ahdieh faz nessa história. Ela tece tudo com tanta maestria que é impossível não nos envolvermos.


Sherazade se casa com Khalid na intenção de matá-lo e conseguir vingar a morte da sua melhor amiga, mas a cada noite quando estão a sós eles passam a se conhecer um pouco mais e essa convivência vai fazendo com que ela crie um carinho muito especial pelo rei.

O que também ocorre com Khalid que não consegue mais esconder o que sente pela intrigante Sherazade. Mesmo sabendo que o que sente por ela pode acabar com ele, ele se deixa levar pelo que sente.

Sendo assim ele deixa seu general desesperado com suas atitudes.
" - Esta manhã eu não estava onde devia. Na noite passada, não estive onde queria estar."
E a trama fica cada vez mais intrigante quando o "namorado" de Sherazade aparece no castelo tentando ajudá-la, mas na verdade ele só atrapalha.

Não posso falar mais nada ou vou acabar soltando spoiler com tanta empolgação.

O que posso dizer é que o final te deixa angustiada e ansiosa querendo mais e sabendo como as coisas ficam.



Essa capa é maravilhosa. Amo o tom usado nela.

Não encontrei nenhum erro de revisão. 

As páginas são amareladas, o que é algo super positivo e a letra diferenciada usada no título de cada capítulo casa bem com o estilo do livro.

Livro mais do que indicado para quem gosta de um bom romance e principalmente para quem está cansado de histórias que se passam nos Estados Unidos e afim.

Foi muito bom viajar para outro continente.


" - É um castigo merecido para um monstro. O de querer tanto algo... de ser capaz de tê-lo em seus braços... e saber sem sombra de dúvida que nunca vai merecê-lo. - Khalid abriu a porta e saiu, sem esperar a resposta."


8 comentários:

  1. Olá.
    Toda vez que leio uma critica positiva desse livro, eu penso: por que somente eu não gostei? :( Sinceramente, o livro não me prendeu de forma nenhuma. Pensei em abandonar várias vezes, mas persisti até o final. Achei uma estória bem cansativa. Mas talvez tenha sido apenas comigo, afinal, só vejo coisas positivas a respeito dele.

    Beijos. | * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Adorei o kit do livro! A obra eu não conhecia, mas curti a premissa. Vou dar uma pesquisada melhor e se me convencer, pretendo ler. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  3. Olá Deby, adorei a dica, não conhecia a obra e fiquei bastante curiosa com o enredo que você apresentou.

    Que Kit lindo <3

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Essa é uma releitura que faço questão de ler. Adoro os contos originais de As Mil e Uma Noites e adoraria ver como a autora os trabalhou nesse livro. Também achei a capa divina e quem não se apaixonaria por esse kit?! Lindimais!!!! XD
    Tomara que a continuação chegue logo pra você (e eu) não sofrer tanto! Bj!

    ResponderExcluir
  5. Oi Débora.
    Flor, estou louca para ler esse livro, sua crítica me deixou curiosa, e parece ser uma história instigante, pensei que fosse único, não imaginava que teria continuações.. Bom espero ler em breve e gostar da história.

    Beijos
    Lovesbooksandcupcakes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oisss
    Nossa que vontade de ler esse livro, sabe que nunca li nada referente a historia de Sherazade, preciso urgente.
    Essa capa veio linda né, e a almofada.... QUERO
    Mais um livro para minha imensa listinha, obrigada
    Beijuh

    ResponderExcluir
  7. Oi Deby!
    Quero tanto esse livro!!! Acho incrível a maneira como a autora conseguiu recriar a história de Sherazade sem perder a originalidade, é sinal de muito talento mesmo. Sendo assim, é até bom o livro ter continuação, né?
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Acabei me empolgando com sua resenha e adorei essa pra ler no "busão", pq aqui em Sampa, da pra ler um livro todo enquanto vai ao trabalho.
    Adorei
    Bjs

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.