12 dezembro 2016

16

Pra ler no busão: Ponte para Terabítia

TítuloPonte para Terabítia
Autor: Katherine Paterson
Páginas160
Ano2006 
Edição lida: 1ª edição
Editora: Salamandra
Sinopse"Jess Aarons, um garoto de 10 anos, passou o verão treinando para ser o campeão de corrida da escola. Na volta às aulas, é ultrapassado por uma aluna nova. Os dois tornam-se grandes amigos, e criam um reino imaginário chamado Terabítia, onde governam soberanos protegidos das ameaças e zombarias da vida cotidiana. Até que um dia, uma fatalidade os separa, e Jess precisa ser forte para enfrentar essa triste realidade."

Acho que poucas pessoas não conhecem o filme Ponte para Terabítia, ele fazia o maior sucesso na minha infância.

Fiquei mega feliz quando esbarrei com o livro na biblioteca do colégio que trabalho e, lógico, corri para pegar o livro e fui ler.

Jess é o único menino numa casa só de mulheres, não é o mais velho, mas sempre é deixado de lado e é cobrado por ser o único homem, fora o pai.

Ele quer mudar sua figura, pelo menos, na escola, para isso ele passa as férias treinando para ser o campeão da sua série nas corridas que têm na hora do recreio. Porém surge uma nova aluna, Leslie, e ela acaba vencendo todos para o desgosto dos meninos, incluindo Jess.



Jess no começo tenta não se aproximar de Leslie, pois acha que tudo que menos precisa é de outra menina em seu caminho, mas a menina se mostra bem diferente de todas que ele conhece e acabam virando amigos inseparáveis.

Quando a amizade realmente acontece, eles passam a andar juntos tanto na escolha como fora dela, uma vez que são vizinhos.

Jess acha a família de Leslie incrível porque é totalmente diferente da sua e a tratam bem diferente.

Os dois arrumam um lugar só deles e nomeiam de Terabítia, um reino mágico e onde tudo que eles querem acontece com muita magia.



Os dois se metem em muita coisa na escola e aprendem a se entender melhor e acima de tudo entendem o que é a verdadeira e pura amizade.

Porém, uma grande tragédia acontece e muda totalmente a vida de Jess que tem que aprender a lidar com a vida com um novo olhar. É nesse momento que ele também tem que aprender a conviver melhor com uma das irmãs mais novas.

O livro é lindo e emocionante, assim como o filme.
Acho que nunca vi um livro em que a adaptação fosse tão fiel.
Se você gosta de ler histórias com crianças, mas não tem medo de chorar horrores vale muito a pena se aventurar por Terabítia.

As folhas são amareladas, as letras com tamanho muito bom e não encontrei erros de revisão.



16 comentários:

  1. Déborah, tudo bem?
    Eu tenho tanta vontade de ler esse livro que você nem imagina, é uma obra que muitas pessoas já leram e sei que me atrairia de certa forma, ótima resenha querida.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  2. Oi Déborah,
    Já vi o filme umas mil vezes!
    Apesar de achar ele bem triste, acho a historia muito legal! Não fazia ideia de que existia o livro! Me parece ser uma leitura muito agradável! Assim que eu tiver a oportunidade, gostaria de ler.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Tive a oportunidade de esbarras no livro na biblioteca da minha cidade e assim como você não perdi tempo e corri fazer a leitura.
    Tinha me emocionado muito com o filme e queria conferir se o desfecho seria o mesmo no livro ou se para a adaptação eles tinham aprontado aquilo com Leslie.
    Foi uma surpresa confirmar que o filme foi extremamente fiel ao livro e que temos o mesmo desfecho nada feliz.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Deborah, tudo bem?
    Leitura nostálgica e com gostinho de infância. Confesso que ainda não li o livro, mas sou apaixonada pelo filme, sei que ele é curtinho e pra ser sincera não o porquê de ainda não ter lido. Que delícia saber que o filme é bem fiel a obra, fiquei com mais vontade de lê-lo.
    Espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Debora, tudo bem? Eu ainda não li essa obra, nem assisti ao filme. Confesso que me senti instigada na leitura e um pouco receosa pelo final. Amei a sua dica. Super anotada. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Déh, tudo bem?
    Eu vi o filme recentemente, por causa do ator hahahha
    Como me apaixonei pelo Peeta entrei em uma neura de ver os filmes do ator hahah Então olhei esse e curti muito. Ainda pretendo ler o livro, mas não tive a oportunidade ainda :( Bom saber que o filme é fiel =D
    beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Então eu não conheço o filme HAHAHAHAHAHA Adorei a premissa dele junto com a sua resenha e as fotos estão belíssimas. Quero ainda ter a oportunidade de lê-lo.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Amooooooo Ponte para terabítia. Choro muito com essa história.
    O filme é um dos meus preferidos, tanto pela história quanto pelos atores, que amo... <3

    ResponderExcluir
  9. Oi Deby, coincidência, meu filho teve que ler este livro neste bimestre para a escola. Eu acabei pegando na biblioteca pública perto de casa. Eu conheço o filme, mas não gostei muito dele, acho que por isso acabei nao me interessando em ler junto com meu filho. Mas que bom que tanto o filme como o livro foram boas experiências para você.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oiii, ainda não li esse livro, mas quero muito. Acho que é um daqueles livros que todos leitores devem ler rsrs.
    Gostei bastante da tua resenha, parabéns! bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá, Deborah. Já assisti o filme e o achei bem legal. Não sabia que existia o livro e fico feliz que a adaptação tenha sido fiel, porém não sei se leria o livro. Fico feliz que tenha gostado!

    ResponderExcluir
  12. Oi. eu não conhecia o filme, achei bem curioso o enredo, um menino num universo só de mulheres que acaba por se sentir só. Também não sabia do livro, vou procurar, gostei bastante da indicação.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Déborah ^^
    Me parece que irei chorar muito quando tiver oportunidade de leitura, assim como chorei vendo o filme!:( <3
    A história criada é tão singela e pura que não tem como criticar. É uma criança tendo o primeiro contato da perda real de alguém que se goste, é o primeiro amor (que não parece ser, mas é mostrado de maneira velada) indo embora.
    Não sei se na obra Terabítia é mais explorada, mas na película senti uma carência muito grande de ver como funcionava esse lugar, sabe. De poder andar pelo reino e conhecer seus habitantes. Se na obra houver isso definitivamente passarei a amar o livro mais do que o filme que de tanto que gosto comprei numa locadora de dvds que estava fechando. ashsauhas
    Parabéns pela resenha e que bom ver que essa obra está numa biblioteca! Não existe lugar mais digno para ela. <3
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Eu sempre via post e fotos sobre esse filme, mas nunca tive curiosidade de assistir mesmo me parecendo uma aventura incrivel
    depois da sua resenha fiquei curiosa para saber da história, tanto livro quanto filme

    ResponderExcluir
  15. Oi Déborah!
    Já sabia que havia livro do filme, mas nunca tinha escutado ninguém falar que tinha lido, você é a primeira! Acredita que nunca concluí o filme? Lembro que cheguei a iniciar, mas como sabia do que ia acontecer com a menina, para evitar choro, pois sou muito chorona, optei por não olhar o restante... Uma hora crio coragem!!! \o

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem?
    Ouço falar muito bem desse livro, mas nunca tive a oportunidade de ler nem assisti o filme ainda, mas que bom que gostou do livro eu fiquei até curiosa para fazer a leitura.
    Amei o post maravilhoso parabéns.
    Abraços Mary

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.