28 abril 2017

15

Pra ler no busão: Lugar Nenhum

Título: Lugar Nenhum
Autor: Neil Gaiman
Páginas: 336
Ano2007
Edição lida: 1ª edição
EditoraConrad

Sinopse"Em Lugar Nenhum Neil Gaiman conta a história de Richard Mayhew, um jovem escocês que vive uma vida normal em Londres. Tem um bom emprego e vai se casar com a mulher ideal. Uma noite, porém, ele encontra na rua uma misteriosa garota ferida e decide socorrê-la. Depois disso, parecer ter se tornado invisível para todas as outras pessoas. As poucas que notam sua presença não conseguem lembrar exatamente quem ele é. Sem emprego, noiva ou apartamento, é como se Richard não existisse mais. Pelo menos não nessa Londres. Sim, porque existe uma outra - a Londres-de-Baixo. Constituída de uma espécie de labirinto subterrâneo, entre canais de esgoto e estações de metrô abandonadas, essa outra Londres é povoada por monstros, monges, párias, nobres, decaídos e assassinos - e é para lá que Richard vai.
Lugar Nenhum é o primeiro romance de Neil Gaiman, autor dos best-sellers Deuses Americanos (Conrad, 2004) e Filhos de Anansi (Conrad, 2006), e criador da revolucionária série de quadrinhos Sandman. Concebida originalmente como série de TV em seis capítulos, Lugar Nenhum foi transmitida pela rede inglesa BBC. A transformação em romance resultou em sucesso imediato, conduzindo a obra às listas de best-sellers do Los Angeles Times e do San Francisco Chronicle, entre outras."

Eu já tinha lido um livro do Neil Gaiman antes desse, foi Os filhos de Anansi que por sinal não curti. Me disseram que eu li errado e devia ler novamente. Um dia, mas não por enquanto...

Então, quando foi escolhido mais um livro dele para ser discutido no Vórtice Fantástico eu fiquei um pouco receosa, mas para a minha grata surpresa eu amei o livro e o devorei.

Richard mora em Londres e é um cara muito certinho. Certinho até demais. Ele tem uma noiva chamada Jessica que é um porre e manda e desmanda nele, mas ele tem um bom coração e quando ele resolve ajudar uma moça machucada na rua sua vida muda totalmente.

A moça que ele ajudou se chama Door e ela vem da Londres-de-Baixo. Door está em sérios apuros, sua família foi meio que exterminada e parece que alguém poderoso quer que ela tenha o mesmo fim, porém ela tem o poder/dom de abrir portas para qualquer lugar.

Croup e Vandemar são dois seres que não sabemos ao certo quem são no decorrer da história, apenas que já vagam pelo mundo por vários séculos fazendo o mal e no momento querem capturar Door.


Richard meio que some aos olhos humanos desde o dia que ajudou Door e depois disso ele descobre a Londres-de-Baixo e é para lá que vai tentando recuperar sua vida novamente, mas o que encontra é um mundo bem diferente do seu e acaba se metendo na "missão" de Door.

Um dos personagens mais interessantes e que deixa você com a pulga atrás da orelha é o Marquês de Carabas, ele ajuda Door, mas é o tipo de pessoa que não faz nada de graça. Os favores dele são bem valiosos.

Door também tem uma guarda costas, Hunter, que tem o desejo de enfrentar uma fera que nunca viu para mostrar o quão talentosa é.

A narrativa flui de uma maneira muito rápida.

Gaiman nos leva pelas ruas de Londres com outra visão, uma vez que a Londres-de-Baixo é bem diferente da De Cima.

A história tem muito mistério e fantasia, ideal para quem gosta mesmo do estilo.

Quebrei a cara bonito com algumas suposições, mas isso só tornou a leitura ainda melhor.

Vale muito a pena para quem gosta de uma boa fantasia e de uma boa escrita.

Não posso falar nada da parte de diagramação, pois li em e-book, mas a revisão está muito boa.

Amei essa capa e fiquei louca para ter o livro físico pena que essa edição não é tão fácil de achar.



15 comentários:

  1. Olá!
    Eu nunca li nada do autoe e tenho esse livro aqui que comprei no AVON, ainda não li
    Gostei de saber que vc mesmo que não tenha amado pelo que percebi mas tao pouco foi insatisfatória! rs

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu ainda não li nada do autor, mas acho que não seria bom começar por esse. Parece ser uma boa leitura e fiquei curiosa, acho que depois de já ter lido outros livros do autor, pode ser uma ótica dica.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Déborah! Eu adorei Lugar Nenhum! Ainda não li Os Filhos de Anansi, mas também não tive boas referências dele, acho que você poderia ter começado com Coraline ou O oceano no fim do caminho. Ou ainda, O mistério da Estrela, talvez esses lhe agradariam mais!
    Meu personagem favorito é de cara o Marquês de Carabas! Pena que não achei a série com legendas em português.
    Bjos
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  4. Olá, apesar de conhecer vários livros do autor, este eu não conhecia. Mas sei que ele tem uma escrita muito rica, que bom que você gostou, dica anotada!
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha! Eu nunca li nada do autor, mas vejo que ele só tem elogios! Um dia pretendo ler uma obra dele!

    ResponderExcluir
  6. Oi Deby, não tive uma experiência muito boa com o Neil Gaiman, e sempre acabo ficando com um pé atrás com os livros dele. Uma amiga me emprestou um livro dele para eu tirar esta cisma, mas não li ainda. Este no entanto, me chamou atenção por se passar em Londres, e pelas descrições do cenário. Quem sabe arrisco e dou uma chance?
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Olá, nunca li nada do autor, mas já comprei um livro dele, que está na minha lista de futuras leituras. Adorei suas resenha, vi que fala que tras uma mistura de mistério e fantasia e fiquei instigada, haha! É bem o tipo de leitura que me atrai, amooo! Se eu conseguir ler os que já estão na fila, darei uma chance para embarcar nessa aventura e conhecer as ruas de Londres da maneira que o autor traz, achei bem legal!

    Beijinhos.

    http://birdsalsocry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oieee, ainda não conhecia o livro e estou doida pra ler tudo que esse homem escreve, estou com deuses americanos no momento e espero ler outros em breve, obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  9. Oi,

    Não conhecia o livro, mas acredito ter visto algo do autor já.
    Confesso que esse não me chamou atenção, provavelmente não leria.
    Mas vou procurar outros livros do autor e vê se algo me encanta né?

    Até a próxima.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá Débora, resenha interessante sobre esse livro, engraçado que ainda não conhecia esse livro apesar de ter lido O oceano no fim do caminho que achei satisfatório. Vou dar uma chance a esse livro, por que gostei a impressão da sua resenha. Bjkas

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Que bom que a leitura foi melhor que o anterior!
    Só li um livro dele e gostei bastante e acho que iria gostar desse tb!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Que legal que você se deu mais uma chance de conhecer outras coisas do autor e agora curtiu, também não sou muito chegada a Neil Gaiman, no entanto, acho que é meu momento, mais pra frente, isso muda.

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho alguns livro de Gaiman, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Sempre vou deixando pra depois. Com sua resenha fiquei curiosa com esse livro. Adoro histórias que têm Londres de cenários, mesmo que seja uma Londres fictícia.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá Debora, tudo bem?
    Eu não conhecia a obra e confesso que a primeira vista eu não leria, mas a sua resenha me deixou curiosa. Curto fantasia que prende a atenção e ser envolta em mistérios e suspense só dá um gostinho a mais na leitura.
    Dica anotada e parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu nunca li nada do Neil, mas morro de vontade porque simplesmente não acho uma alma que fale alguma coisa ruim de suas obras hahaha Não curti muito essa capa, mas achei a trama bem interessante.
    Beijos.

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.