28 abril 2017

0

Pra ler no busão: Lugar Nenhum

Título: Lugar Nenhum
Autor: Neil Gaiman
Páginas: 336
Ano2007
Edição lida: 1ª edição
EditoraConrad

Sinopse"Em Lugar Nenhum Neil Gaiman conta a história de Richard Mayhew, um jovem escocês que vive uma vida normal em Londres. Tem um bom emprego e vai se casar com a mulher ideal. Uma noite, porém, ele encontra na rua uma misteriosa garota ferida e decide socorrê-la. Depois disso, parecer ter se tornado invisível para todas as outras pessoas. As poucas que notam sua presença não conseguem lembrar exatamente quem ele é. Sem emprego, noiva ou apartamento, é como se Richard não existisse mais. Pelo menos não nessa Londres. Sim, porque existe uma outra - a Londres-de-Baixo. Constituída de uma espécie de labirinto subterrâneo, entre canais de esgoto e estações de metrô abandonadas, essa outra Londres é povoada por monstros, monges, párias, nobres, decaídos e assassinos - e é para lá que Richard vai.
Lugar Nenhum é o primeiro romance de Neil Gaiman, autor dos best-sellers Deuses Americanos (Conrad, 2004) e Filhos de Anansi (Conrad, 2006), e criador da revolucionária série de quadrinhos Sandman. Concebida originalmente como série de TV em seis capítulos, Lugar Nenhum foi transmitida pela rede inglesa BBC. A transformação em romance resultou em sucesso imediato, conduzindo a obra às listas de best-sellers do Los Angeles Times e do San Francisco Chronicle, entre outras."

Eu já tinha lido um livro do Neil Gaiman antes desse, foi Os filhos de Anansi que por sinal não curti. Me disseram que eu li errado e devia ler novamente. Um dia, mas não por enquanto...

Então, quando foi escolhido mais um livro dele para ser discutido no Vórtice Fantástico eu fiquei um pouco receosa, mas para a minha grata surpresa eu amei o livro e o devorei.

Richard mora em Londres e é um cara muito certinho. Certinho até demais. Ele tem uma noiva chamada Jessica que é um porre e manda e desmanda nele, mas ele tem um bom coração e quando ele resolve ajudar uma moça machucada na rua sua vida muda totalmente.

A moça que ele ajudou se chama Door e ela vem da Londres-de-Baixo. Door está em sérios apuros, sua família foi meio que exterminada e parece que alguém poderoso quer que ela tenha o mesmo fim, porém ela tem o poder/dom de abrir portas para qualquer lugar.

Croup e Vandemar são dois seres que não sabemos ao certo quem são no decorrer da história, apenas que já vagam pelo mundo por vários séculos fazendo o mal e no momento querem capturar Door.


Richard meio que some aos olhos humanos desde o dia que ajudou Door e depois disso ele descobre a Londres-de-Baixo e é para lá que vai tentando recuperar sua vida novamente, mas o que encontra é um mundo bem diferente do seu e acaba se metendo na "missão" de Door.

Um dos personagens mais interessantes e que deixa você com a pulga atrás da orelha é o Marquês de Carabas, ele ajuda Door, mas é o tipo de pessoa que não faz nada de graça. Os favores dele são bem valiosos.

Door também tem uma guarda costas, Hunter, que tem o desejo de enfrentar uma fera que nunca viu para mostrar o quão talentosa é.

A narrativa flui de uma maneira muito rápida.

Gaiman nos leva pelas ruas de Londres com outra visão, uma vez que a Londres-de-Baixo é bem diferente da De Cima.

A história tem muito mistério e fantasia, ideal para quem gosta mesmo do estilo.

Quebrei a cara bonito com algumas suposições, mas isso só tornou a leitura ainda melhor.

Vale muito a pena para quem gosta de uma boa fantasia e de uma boa escrita.

Não posso falar nada da parte de diagramação, pois li em e-book, mas a revisão está muito boa.

Amei essa capa e fiquei louca para ter o livro físico pena que essa edição não é tão fácil de achar.



0 comentários:

Postar um comentário

 
© Copyright 2015. Template by LuMartinho.